Máscaras & Verdades: Capítulo 17



20170703_070957


2016

CENA 1: MONTES ALTOS | CASA DE DIEGO | SALA | INTERIOR | FIM DE TARDE

Diego olha para Sabrina tentando entender o que ela faz ali. Sabrina continua parada, sorrindo. Juliana que já sabe do envolvimento que Diego teve com Sabrina, fica intrigada com a presença de tal mulher.

DIEGO: – O que você faz aqui, Sabrina? Eu já pedi para você me deixar em paz, não entendeu?! – Indaga, fazendo com que ela desfaça o sorriso estampado.

SABRINA: – Eu não teria vindo até aqui se realmente não fosse importante, Diego, ainda mais depois do jeito que você me tratou naquele dia. – Responde, se fazendo de ofendida. – Eu vim aqui unicamente para te trazer uma coisa. – Continua, esboçando outro sorriso enigmático. Ela retira da bolsa o mesmo envelope dado por Fábia, então entrega nas mãos de Diego, que por sua vez fica ainda mais intrigado. – Depois que saber de tudo, me procure. – Conclui, saindo da presença de Diego. Juliana a olha com raiva. Diego olha para o envelope, fechando a porta.


CENA 2: MONTES ALTOS | RUA | EXTERIOR | FIM DE TARDE

Sabrina sai da casa de Diego, olhando para todos os lados, de repente sente um calafrio que a faz se arrepiar toda. Ela abre o carro rapidamente e entra, logo o mesmo homem que apareceu para ela no estacionamento da fábrica Desejos, aparece novamente.

HOMEM: – Bom, parece que eu já deduzi o seu novo golpe, minha querida. – Diz, sorridente, deixando Sabrina nitidamente assustada.

SABRINA: – Sai daqui! Sai daqui! – Grita irritada, acelerando o carro, deixando o homem parado na calçada.

O homem olha para a casa de Diego, colocando as mãos nas grades.

HOMEM: – Não posso adiar mais, não depois do que vi aqui. – Diz, voltando a olhar para a porta da casa. – Não vou deixar que essa vagabunda engane mais alguém. – Afirma, sério.


CENA 3: MONTES ALTOS | CASA DE FÁBIA | SALA | INTERIOR | FIM DE TARDE

Fábia caminha de um lado para o outro pensativa enquanto é encarada por Lino. Ela para de repente e encara o homem.

FÁBIA: – Você não pode contar tudo agora, Lino! Você não pode fazer isso agora, e você também iria parar na cadeia. – Diz, perturbada com a decisão tomada por Lino.

LINO: – Não importa se eu for para a cadeia, Fábia… não vou deixar aquele garoto longe da mãe dele por nenhum segundo a mais. Você parece não sentir remorso por essa barbaridade que fez, mas eu sinto e vou resolver isso. – Diz, se virando e seguindo até a porta, ele volta o olhar para Fábia. – E não tente me impedir, pois conheço todas as suas máscaras e boa parte de suas verdades. – Afirma antes de sair.


CENA 4: MONTES ALTOS | CASA DE JOANA | QUARTO | INTERIOR | FIM DE TARDE

Joana olha para as fotografias dos filhos, pensa nos momentos que viveu com eles antes de desaparecerem. Ela fecha a caixa que guarda as fotos, logo pega o celular indo direto no número de Viriato, fazendo a ligação.

JOANA (Ao Celular): – Eu estou pronta, e sinto que um dos meus filhos está muito perto de mim.

VIRIATO (Do Outro Lado da Linha): – Amanhã mesmo vamos juntos procurar por ele, Joana. Não perca a esperança!

JOANA (Ao Celular): – Eu não sei como agradecer o que você está fazendo por mim, Viriato… obrigado de verdade. – Diz, visivelmente agradecida.


CENA 5: MONTES ALTOS | HOSPITAL | INTERIOR | FIM DA TARDE

Daiana está sentada em uma cadeira bem em frente ao médico que analisa alguns papéis, ela se mostra bastante ansiosa pelo resultado dos exames que fez.

DAIANA: – Então Doutor, o que há comigo? – Pergunta, curiosa.

MÉDICO: – Bom, não é nada de grave, Daiana. – Responde, olhando diretamente para ela. – Os exames confirmaram o que eu suspeitava… você está grávida.

Daiana arregala os olhos diante da notícia.


CENA 6: MONTES ALTOS | CASA DE DIEGO | SALA | INTERIOR | FIM DE TARDE

Diego está parado próximo da janela com o envelope dado por Sabrina em mãos. Juliana está ao lado dele, tentando entender tudo o que se passa. Ele começa a abrir o envelope lentamente, então logo vê alguns papéis, identificando eles como sendo do hospital. Diego olha de forma apreensiva para Juliana.

DIEGO: – Confesso que tenho muito medo do que possa ter aqui. – Diz ainda olhando pra Juliana, que por sua vez toca a mão dele.

JULIANA: – Não importa o que seja, estarei com você, Diego. – Afirma, deixando ele um pouco mais calmo.

Diego retira os papéis de dentro do envelope, logo vê do que se trata, ficando boquiaberto.

DIEGO: – Não, isso não pode ser! – Diz, visivelmente surpreso. – Não pode ter acontecido uma coisa dessas… não com ela. – Conclui, deixando Juliana curiosa com o conteúdo.

JULIANA: – O que diz aí? – Pergunta, nitidamente preocupada.

DIEGO: – Aqui diz que ela está grávida… a Sabrina está esperando um filho, Juliana… e esse filho é… – Juliana o interrompe já prevendo o que Diego pudesse dizer.

JULIANA: – Quem garante, Diego? Talvez seja ou talvez não. Você mesmo disse que não confia nela.

Diego concorda com Juliana, ambos passam a olhar o exame. A campainha toca, fazendo com que Diego atenda a porta, então fica surpreso ao ver quem está ali, o mesmo homem que dias atrás o havia cercado na Fábrica Desejos.

SEBASTIÃO: – Não me manda embora, tenho muito para falar. – Pede, encarando Diego, que acaba ficando intrigado, pois realmente não o conhece.

Ambos se olham, certa semelhança nesse olhar é nítida. A imagem se congela em uma cor azul fosco, logo se parte em diversos pedaços.

CONTINUA

Anúncios

6 comentários sobre “Máscaras & Verdades: Capítulo 17

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s