O Mago: Capítulo 5 -Retorno (Quarta Temporada)



Aron tentou até o último instante se lembrar de algum feitiço que pudesse salvá-lo, mas a mente confusa e o medo invasor já demandavam tempo demais. De repente o jovem fechou os olhos como se estivesse se entregando à queda, seu rosto começou a ficar frio, ele continuava despencando para o que pensou ser o seu fim. Uma luz surgiu do nada e assim como apareceu, também desapareceu, levando Aron consigo. O jovem mago abriu os olhos e se viu deitado em uma cama, móvel que ele sentia conhecer, virou de um lado para o outro, tentando entender o que aconteceu com ele. Aron se levantou da cama ainda vestido do mesmo modo da noite anterior, andando devagar, chegou até a janela, confirmando o que pensou quando despertou. Da janela na qual estava, enxergava todo o pátio principal do Palácio de Viturius, logo entre alguns guardas reais, avistou Alim, que parecia dar ordens específicas aos que defendiam o Reino, estranhamente o rei percebeu que estava sendo observado, fazendo com que Aron saísse de perto da janela.

– Será que ele sabe que estou aqui? – Aron se questionou, caminhando até a porta, mais pensativo do que nunca. Já havia se passado um longo tempo desde que os dois se viram pela última vez, o jovem mago tinha receio do que ainda pudesse acontecer. Ainda com o questionamento em mente, Aron se sentou próximo da porta, confuso. Levantou assustado ao ouvir a voz de Lion encoando em sua mente, por um momento se esqueceu do poder que tinha. Lion se comunicava com o irmão, conhecedor do questionamento que ele havia acabado de se fazer.

– Ele sabe que você está no Palácio, meu irmão. – Lion respondeu. – Na verdade não teria como essa informação ficar desconhecida por ele já que o rei sempre foi o maior interessado em reencontrá-lo. – Continuou, apenas na mente do irmão, que mais calmo, se sentou na cama. – Aguarde que ele irá até você, Aron. – concluiu, fazendo com que sua voz desaparecesse devagar, deixando o jovem mago mais apreensivo ainda já que Lion não foi muito revelador com o contato que fez. Ele pensava no que de verdade poderia estar ocorrendo no Palácio, a confusão aos poucos foi se ajeitando.

Alim entrou apressadamente no Palácio, estava de verdade, muito ansioso com o que já tinha conhecimento. Assim que o rei conclui dois lances de escada, ficou frente a frente com Mértia, que por sua vez estranhou o fato de ver o marido tão afoito. Alim sabia que os questionamentos logo se instalariam, mas não estava preparado para responder qualquer pergunta que fosse. Deixou Mértia com as dúvidas dela e continuou subindo alguns lances alces escada, chegando finalmente no andar que realmente lhe interessava. Antes de entrar no quarto, Alim verificou se não tinha sido seguido por quem quer que fosse, constatando que estava seguro, entrou onde Aron foi instalado.

Mesmo intrigada com o fato do esposo estar tão esquisito, Mértia seguiu para o seu destino, pensativa. Após terminar de descer pela escadaria, a nova rainha entrou em um cômodo cujo a placa na parede indicava que ali funcionava o local de trabalho do médico da corte, seu pai, Orbran. Ela entrou sem cerimônia alguma, observando atentamente o pai preparar algum tipo de poção. Ao ver a filha, Orbran deixou o que terminava como estava, seguindo até ela.

– Eu não pude esperar mais, meu pai. Essa ansiedade está me matando, tenho que fazer isso logo de uma vez ainda mais depois do que eu soube. – Mértia disse, segurando nas mãos do velho Orbran.

– Você tem certeza de que realmente quer fazer isso, minha filha? Se a descobrem, podemos parar na forca. É melhor termos o rei como amigo do que inimigo, não pensa assim? – Orbran indagou nitidamente preocupado com o plano que ele junto da filha foram obrigados a fazer.

– Não há outra saída, meu pai. Terá que ser assim! Drato não nos perdoará se falharmos ou mesmo se desistirmos. – Mértia respondeu, temerosa. Poderia estar confiante, mas a verdade era que ter a vida de alguém em suas mãos não era nada agradável. Ela abraçou o pai com muita ternura, derrubando algumas lágrimas sobre seu ombro.

No quarto, Aron se levantou rapidamente ao ver a porta se abrir, ficando outra vez frente a frente com Alim. O rei trancou a porta, então seguiu até onde o jovem mago estava. Aron recebeu um abraço que revelou a imensa saudade que Alim sentia. O rei sorria por dentro em contato com o corpo que ele conhecia tão bem, sentindo a respiração acelerada daquele que também deixava a sua respiração do mesmo jeito. Aron não dizia nada, assim como Alim, ambos compartilhavam de mais um imenso desejo, o de que o momento ali nunca terminasse. O rei queria mais, desejava sentir novamente o sabor do beijo do mago, que leu sua mente, em uma invasão mais do que necessária, um beijo intenso e inesquecível aconteceu, deixando ambos visivelmente sem fôlego.

– Não deixarei mais que você saía de perto de mim. Você é mais especial do que qualquer coisa que possam denominar assim. Não lhe deixarei sozinho novamente e quando tiver de se perder, nos perderemos juntos. – Alim disse após afastar os seus lábios quentes dos lábios de Aron, que o sua vez sorriu ao ouvir tal declaração sincera e repleta de culpa, algo que ele jamais acreditou que Alim pudesse ter. O mago envolveu o rei em um abraço ainda mais apertado, tentando transmitir todos os bons sentimentos que nutria por seu amado. Ambos desfizeram o abraço ao ouvirem gritos e pedidos de socorro que vinham do pátio principal. Aron e Alim caminharam até a janela, enxergando com muita clareza, um Dragão branco sobrevoando o Castelo. Olharam para baixo e viram os guardas todos em posição, acreditando estarem prontos para um ataque.

CONTINUA

Anúncios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s