Love


encruzilhada-brunoernicablog

Uma Mãozinha Para o Destino 


Ela desejava que sua estrada cruzasse com a dele a qualquer momento. Observava ele de longe, do caminho em que foi colocada, pensava em como seria se o destino resolvesse trabalhar em seu tempo e fizesse com que suas mãos tocassem nas mãos deles, mãos frias que se esquentariam assim que o toque acontecesse. Ela pensava em como seria sentir o seu abraço, contemplar aquele sorriso perfeito, obra prima dos céus. Sorria enquanto caminhava e mesmo que ele estivesse também a observando, não deixava de olhar, era mais do que somente desejo, era muito mais do que paixão, era definitivamente amor o que ela sentia ao vê-lo todos os dias em sua rotina demasiadamente cansativa. Suas amigas lhe diziam que ela teria que esperar até que ele fosse até ela, mas o que ela não sabia é que ele era tímido demais para dar o primeiro passo. Nesse mesmo dia, no retorno para casa, ela resolveu ajudar o destino que parecia não querer colaborar muito, e então esqueceu por um instante do que ouviu das amigas e fez com que sua estrada cruzasse com a dele. Ela fez com que os caminhos se encontrassem, não por acaso, quebrando toda e qualquer barreira que pudesse existir, que pudesse impedir do amor se estabelecer de forma plena em ambos os corações, que batiam aceleradamente.

Anúncios

2 comentários sobre “Love

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s