In Verso 


Que o vento comece a soprar de uma vez por todas, levando para bem longe todos os resquícios do que faz mal.


Quem de verdade sabe não inventa o que não sabe, não procura o que não bate, não tem dúvidas do que se sabe.


Olhos levianos escravizam a imaginação, bocas levianas escravizam os pensamentos, almas levianas escravizam o coração.

Anúncios

2 comentários sobre “In Verso 

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s