Devaneios 


Não tenha medo de viver a vida, é só começar
Quem vai ser pimeiro, não importa, não deixe de tentar
Pois o que vale é o conhecimento que se adquire no caminhar
E não abaixe a cabeça, nem permita o desdenhar.

Há muito caminho, jornada, espinho pra vencer
Mas não se arrisque demais tentando provar o que pode fazer
Não deixe que o frio vença, não deixe a rosa morrer
Siga sua direção com fé no coração, haverá um novo amanhecer.

E não se esqueça que o mundo vai girar
Agarre bem firme naquilo que acreditar
Mas veja se vale a pena
Estar onde está.

Não perca momentos que não vão voltar
E depois ficará pelo canto a se lamentar
Ouça o sinal do tempo, sinta o chegar do vento
Não deixe de aproveitar.

É tudo questão de aprender
Olhar como o outro não vê
Não é desacreditar.

É sobre tão vasta vida
Os sonhos, lembrança querida
É recomeçar.

Anúncios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s