Meias Palavras 


pensando-no-pouco-que-ha1


Havia uma pessoa parada no porto daquela cidade, parecia estar esperando por alguém, pois cada navio que atracava, essa pessoa parecia transpirar além da conta, ficava inquieta enquanto observava o desembarque de todos, depois voltava a sua posição inicial e mirava o horizonte mais uma vez até a chegada do próximo navio, talvez na esperança de ser aquele onde sua espera teria finalmente um fim. Algumas horas se passaram e a noite logo envolveu tudo e todos, e ela estava por lá ainda, agora sentada com os pés nas águas e lágrimas desciam dos seus olhos, em suas mãos um papel ligeiramente amassado. Ela se levantou ainda com o mesmo semblante e jogou aquele papel no mar, jogou uma verdade que ela preferiria ser mentira, parecia que aquilo era o final de uma história e o começo de outra.

Anúncios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s