PEDACINHOS


Abriu os olhos, mas não acordou,
Sentiu as ondas, mas não se molhou,
Vive a vida como se o tempo não passasse,
Como se o vento não carregasse
Tudo daqui em um sopro espontâneo.

Tocou os lábios, mas não beijou,
Não sentiu o sabor do amor,
Olhou nos olhos, mas não enxergou,
É tudo tão superficial, o mundo todo já é banal,

Açúcar ou sal?
Tanto faz, ele só quer se despedir
Não quer mais ficar aqui,
Mundo todo de ilusão
Que estraçalha o coração.

Anúncios

2 comentários sobre “PEDACINHOS

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s