Meias Palavras


arvore grande


Ela estava amarrada por fortes correntes que estavam fixadas à árvore da armagura e pensava não ser capaz de escapar já que as forças se desprendiam de suas mãos, de todo seu ser, mas sem pensar, algo lhe fez gritar de maneira intensa, de forma audível até mesmo para aqueles que não conseguiam ouvir muito bem, e os grilhões foram quebrados, logo ela tomou nos braços, a liberdade para deixar o melhor renascer em outra vez.

Anúncios

2 comentários sobre “Meias Palavras

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s