Sentimental


vazio-em-plenitude


Somente ouvir sua voz não consegue suprir a necessidade física de estar com você, de sentir seu abraço apertado de um jeito tão gostoso que faz  com que  a imaginação levante voo sem culpa, sem medo. Em um dia você estava a andar por toda casa com seu jeito único de arrastar o pé pelo tapete, pelo piso, com seu sorriso que me retirava a seriedade, em um dia você estava a se divertir, estava a ser você mesmo, em um outro dia você já não estava mais, não se ouvia mais seu pé arrastando o chinelo, não se via mais seu sorriso encantador. Tudo aconteceu depressa demais, e hoje tenho essas lembranças frescas em minha memória, que não anda lá muito bem, confesso, porém ainda teima em se manter firme quando o assunto é você, e já nem mesmo sei quanto tempo faz desde sua partida, desde seu último olhar amoroso, só sei que já passaram muitos invernos sem o seu calor.

Anúncios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s