CINEMA: Thor


Olá pessoal 😊 olha aí mais um filme que eu adorei acompanhar. Este foi lançado lá em 2011 e conta a história de Thor. Desde pequeno sou fascinado pelo universo da Marvel, mas confesso que não sou aquele fanático que não perde um filme sequer dos heróis, quando eu posso, acompanho com muito prazer. Chega mais e confira o que acontece nesse Primeiro filme da saga do Deus do Trovão.


thor1-g


Thor, vivido pelo  Chris Hemsworth,  estava prestes a receber o comando de Asgard das mãos de seu pai Odin (Anthony Hopkins) quando forças inimigas quebraram um acordo de paz. Disposto a se vingar do ocorrido, o jovem guerreiro desobedece as ordens do rei e quase dá início a uma nova guerra entre os reinos, é pessoal no início ele se mostra um pouco arrogante e prepotente, coisa de ‘Deuses’ e também pelo fato do pai dele ter passado essa imagem para ele em sua vida, o filho então se espelhou em quem? Mas tudo isso muda. Enfurecido com a atitude do filho e herdeiro, Odin retira seus poderes e o expulsa para a Terra. Lá, Thor acaba conhecendo a cientista Jane Foster  vivida pela Natalie Portman e precisa recuperar seu martelo, enquanto seu irmão Loki (Tom Hiddleston) elabora um plano para assumir o poder, esse é outro que só espera o pai entrar em seu sono nada curto e assume o poder, um dos motivos é a inveja gigante que sempre sentiu de Thor, o outro e não menos importante é que ele descobre não ser filho mesmo de Odin, e acaba se revelando um ingrato de marca maior. Mas os guerreiros do Deus do Trovão fazem a mesma viagem para buscar o amigo e impedir que Loki possua tudo para ele. Só que eles não vieram sozinhos e o inimigo está presente para uma batalha que deixa todos em perigo, e Thor mesmo sem seu ‘martelo’ decide por enfrentar a criatura mandada por Loki, e acaba no começo levando a pior, porém por causa de sua bravura  (que no início era arrogância, falta total de humildade)  a sua arma lhe é devolvida, e em seguida retorna para Asgard, mas não sem antes prometer à sua ‘paixonite’ Jane que voltará. Thor e seus amigos voltam para Asgard e enfrentam a o traidor Loki, e em uma batalha para impedir  que o Reino seja destruído, o Deus do trovão destrói a ponte  que dá passagem para os outros reinos, e Odin  desperta antes do previsto, e tenta ajudar Thor e Loki (mesmo  ele não merecendo) porém o vilão cai no abismo sem nada poder ser feito. Thor finalmente deixa toda sua prepotência de lado, mas sofre por não poder  saber como voltar para a terra.


Apesar de alguns acharem esse filme uma das piores adaptações, eu não penso igual, talvez por não entender tanto de cinema assim, claro, mas para mim, é um excelente filme, uma maravilhosa adaptação que me de deixou encantado de verdade, tanto que não o perco sempre que dá sua graça na televisão. Até o próximo, pessoal 😉😊

Anúncios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s