PEDACINHOS

Poema e poesia se tornam uma canção

De notas vitais

Quase sem rimas nessa imensidão

Compassos irreais

Sonhos a postergar

Receio de se aventurar

Pela vida, pela nota mais firme, sublime

Pela rota que parece não ter direção

Mas segue a linha traçada pelo coração

Parece ser mais um poema que virou canção

Parece até não ter significado

É só mais um monte palavras em um papel rasurado.

Anúncios

6 comentários sobre “PEDACINHOS

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s