Coração de Pedra: Últimos Capítulos (20)

20170124_193149


| ROSA DO BARÃO, CASA DE HELENA, ESCRITÓRIO, INTERIOR,  TARDE

Ricardo não tem para onde fugir sobre seu passado, ele olha para Eduardo, que ainda tem as certidões nas mãos. Um encara o outro com objetivos diferentes.

EDUARDO: – Vai dizer a verdade ou continuará mentindo, Ricardo?

RICARDO: – Se a verdade lhe interessa tanto assim, então eu vou dizer.

EDUARDO: – Muito bem, então conte de uma vez tudo o que se esconde.


|| Flashback

Demétrio e Ricardo são filhos de mãe solteira, Jussara, em um dia a mãe deles desaparece e eles não tendo mais ninguém, por isso são levados para o orfanato e lá ficam até que são adotados. Ricardo e Demétrio fazem um pacto  em sua adolescência de sempre estarem juntos apesar de tudo, e já na idade adulta esse pacto deixa de ser algo inocente e passa a ser destruidor.

Ricardo sempre gostou de Helena e fica furioso quando sabe do envolvimento dela com seu irmão adotivo. Demétrio é filho único e isso o pertuba de maneira assustadora.

Venâncio e Afonso passam um bom  tempo sem se verem, e isso distancia um irmão do outro, mas o pacto continua valendo.     Ricardo reencontra o irmão anos depois, mas não acham necessário que todos soubessem que são irmãos.

Fim do Flashback


||| ROSA DO BARÃO, CASA DE HELENA, ESCRITÓRIO, INTERIOR/EXTERIOR , TARDE

Ricardo termina de contar o seu passado para Eduardo, que o encara com raiva depois de ficar sabendo do que aconteceu.

RICARDO (Gritando): – Eu não fiz nada de errado!

EDUARDO: – Não, realmente não fez, ao seu ver você não fez nada de errado, mas você fez e vai pagar por isso.

Ricardo aproveita que Eduardo se distrai e aponta uma arma pro irmão. Helena entra no escritório e vê Ricardo apontando a arma para Eduardo, e corre na direção dele, e no momento em que Ricardo dispara, ela se joga na frente de Eduardo,  ela cai ferida.

RICARDO:  – Você vem comigo. – Diz apontando a arma para a cabeça de Eduardo e o leva até o carro, deixando Helena ferida.

EDUARDO: – O que você pretende com isso, Ricardo?

RICARDO: – Tudo! Absolutamente tudo!

Ricardo bate com a arma na cabeça de Eduardo que desmaia. Ricardo acelera o carro.

Felipe vê a mãe caída e se desespera ao ver que ela está ferida.

HELENA: – Chama o socorro, filho!

FELIPE: – Está bem… Está bem!


|||| ROSA DO BARÃO, HOSPITAL, INTERIOR, NOITE

Gerusa é avisada do que aconteceu, e logo está ao lado da amiga no hospital. Ela anda de um lado para o outro no quarto onde Helena está após ter feito uma pequena cirurgia.

GERUSA: – Depois ele dizia que lhe amava, Helena e não perdeu tempo ao te ferir.

 HELENA: – Isso nunca foi amor, minha amiga, sempre foi obsessão.


||||| ROSA DO BARÃO, CASA DE HELENA, SALA, INTERIOR,  NOITE

Saulo faz companhia para Felipe enquanto a mãe está no hospital, já é tarde da noite.

FELIPE:   – Eu não preciso de babá!

SAULO: – Ninguém acha isso, Felipe. Você não ajudaria nada nesse estado que você está, e sua mãe está bem, o tiro foi de raspão.

FELIPE: – Mas ele podia ter matado ela!

SAULO:  – Mas não matou, e aquele tiro era pro seu pai, e não pra ela.

FELIPE:  – Odeio ele!

SAULO:   – Quem?

FELIPE: – O Ricardo. Ele sempre disse que amava minha mãe, mas ele fez o que fez.

SAULO: – Isso é assunto para adulto, Felipe!

FELIPE: – Eu já disse que eu não sou mais criança, Saulo! meu tio é um monstro!


|||||| ROSA DO BARÃO, ESTRADA, CARRO, EXTERIOR/INTERIOR, NOITE

Ricardo dirige em alta velocidade e Eduardo que estava desmaiado, acorda quando ouve os fortes sons das sirenes dos carros de polícia, e amarrado do jeito que está, ele não pode fazer muita coisa.

EDUARDO: – Você não vai conseguir ir muito longe com isso, Ricardo!

RICARDO: – Cala a boca! Esqueceu que sou eu quem está no comando agora?!?

EDUARDO: – Você não me coloca medo, Ricardo! Você vai parar na cadeia.

RICARDO: – Cala a boca, Já disse.

Ricardo se distrai, e é essa distração é praticamente fatal, pois ele perde o controle do carro e entra numa região que leva a um penhasco que beira o Rio Vermelho, e logo depois de perder totalmente o controle do carro, o veículo acaba batendo em um pequeno monte elevado que faz com que o carro decole, e em seguida capote várias vezes até despencar ribanceira abaixo.


||||||| ROSA DO BARÃO, CASA DE HELENA, SALA, INTERIOR, NOITE

Felipe olha para fora pela janela, e sente algo.

FELIPE: – Pai!!! – Ele Grita assustando Saulo que está distraído.

Saulo se aproxima de Felipe, que parece assustado.

SAULO: – O que houve, Felipe?

Felipe olha para Saulo.

FELIPE (Chorando): – Alguma coisa aconteceu com o meu pai, Saulo! Alguma aconteceu com ele.

CONTINUA

Anúncios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s