O Mago: Capítulo 8 (Terceira Temporada)

Um Novo Amanhã 

Parte 1

S03E08


Aron cavalga sozinho pelo Vale das trevas, tudo é escuro, amedrontador demais para alguém  que tenha pouca coragem, é possível ouvir os gritos de desespero das almas  que por alí se perderam. O jovem mago olha para todos os lados  como que procurando quem o observa, mas seu medo não é por estar no Vale onde seus inimigos habitam, e sim por não conseguir concluir o que tem que fazer para manter todos do Reino em segurança. O cavalo em que Aron está pára, acontecimento que deixa o mago  ainda mais atento a tudo.

– Nunca pensei em ter de abrir mão do que me compõe, mas se isso é realmente necessário para que aqueles que eu amo fiquem em segurança, então terei de fazer. – Diz Aron para si mesmo, e também para quem estiver próximo escutando.

Aron faz com que seu cavalo pare,  ele sai de cima e caminha pela densa escuridão, seus passos são cuidadosos, ouve alguns galhos secos se quebrando, então para de caminhar.

Revari Itronza. – Pronuncia Aron fazendo com que uma forte luz surja de suas mãos e comece a iluminar o caminho.

Mesmo com a luz mostrando onde ele deve pisar para seguir em segurança, acaba caindo em uma rede que rapidamente o puxa para cima, seu cavalo fica embaixo, mas assustado acaba fugindo dali.

Rezovra Mondrapa. – Pronuncia Aron na tentativa de escapar da rede que  o mantêm  preso suspenso no ar, mas não consegue, pois a rede é encantada, e ele com tudo  o que acontece, não consegue se lembrar do feitiço exato. – Lembra, tente lembrar. – Diz o mago para si mesmo tentando se lembrar do feitiço que pode libertá-lo.


A madrugada ainda está longe de terminar, e Alim está deitado em sua cama, desperta de repente e apalpa o lado direito, mas não sente nada. Alim então olha para o seu lado e constata que Aron realmente não está alí.

– Não acredito que ele tenha feito isso, de novo não. – Diz Alim já se pondo de pé e se vestindo em seguida. – Eu tenho que impedí-lo de fazer uma tolice dessas.

Alim sai dos seus aposentos e segue pelo corredor apressadamente, não quer perder tempo, logo está na porta do quarto de Lion, que por sua vez se assusta com as fortes batidas na porta do quarto. Galbo também acorda.

– O que está acontecendo? – Pergunta Galbo enquanto se põe sentado a beira da cama.

Lion se levanta, segue até a porta e abre. Alim entra com certa pressa.

– O Aron disse a você para onde seguiria? – Questiona Alim parado próximo da porta e ansiando por uma resposta positiva.

– Ele não me disse nada, Milord.  – Responde Alim já preocupado com o irmão.

– Ele provavelmente deve saber o que está fazendo, mas eu não quero que ele faça o que me disse. Depois que ele retornou do Vale das trevas ficou muito inquieto, o tempo todo dizia que era necessário abrir mão do que o compõe para proteger a todos. – Comenta o rei. – Ele não pode fazer isso. – Alim se aproxima de Lion. – Você tem de me levar até ele, Lion, eu tenho que impedí-lo.

Lion olha para Galbo que agora está vestido completamente, o guerreiro acena positivamente com a cabeça.

– Eu o levarei até ele, Milord. – Afirma Lion. – Primeiro verei se consigo rastrear ele.

– Faça o que tiver de ser feito, Lion. – Diz Alim desejoso de encontrar Aron logo.

Alim, Lion e Galbo seguem para a sala do trono. Lion estende a mão para o meio do salão, tenta escutar os pensamentos de Aron, mas não consegue.

– Meu irmão não está perto, isso eu tenho certeza, não consigo ouvir mais os pensamentos dele. – Vrontra Erigo Iporia. – Pronuncia Lion fazendo com que algo como um portal apareça na sua frente sendo visível para Galbo e Alim também. – Ele está no Vale das Trevas, Milord, e acho melhor partirmos rapidamente.

Alim segue até o portal, ele olha para Galbo e Lion antes de retirar o anel que contém o selo real, então arremessa nas mãos de Galbo, que junto de Lion fica sem entender.

– Eu irei sozinho, e caso eu não retorne, você será o novo rei, Galbo. Vocês cuidarão do Reino para mim. – Diz Alim decidido.

Galbo dá um passo a frente.

– Isso é loucura, Milord. – Afirma o cavaleiro.

– Tenho certeza que você também cometeria essa loucura para tentar impedir uma loucura maior ainda. – Afirma o jovem rei com sua grande sabedoria.

Galbo olha para Lion.

– Faria sim, Milord. – Diz Galbo ao segurar a mão de Lion. – Dará tudo certo. – Ele afirma voltando seu olhar para o rei que entra no portal e desaparece.


Aron sente como se o ar do Vale começasse a ficar  mais denso, então não resiste e acaba desmaiando em meio a rede que o prende. Duas feiticeiras idênticas surgem do nada.

– Eu disse que iria dar tudo certo, Oranza, minha irmã. Agora é só levarmos o nosso tão poderoso mago para o sacrifício.  – Diz uma das feiticeiras encarando a outra enquanto a luz das mãos de Aron desaparece por completo.

CONTINUA

Anúncios

2 comentários sobre “O Mago: Capítulo 8 (Terceira Temporada)

  1. SIIIIIIIM! É ISSO AÌ, migo!!! Eu queria tanto ver mais do Vale das Trevas e você foi lá e fez isso, migo, você é demais! Merece um beijo, adorei esse capítulo, não sei se ele é curto ou não, ou se eu li com tanta vontade, que quando vi já tava na palavra CONTINUA….. AMEI esse capítulo, não aconteceu nada efetivamente, mas adorei saber que temos mais do Vale das Trevas, gostei da confiança que Alim tem em Galbo…. e temos uma nova ameaça, essas duas irmãs, vou pro próximo capítulo para saber qual é a delas! 😀

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s