Nova Estação: Capítulo 1

20170124_192900


| Terra Vermelha, Casa de Carolina,  Manhã, Sala, Interior

Carolina estranha a movimentação grande logo cedo na casa, e sai do seu quarto ainda com os cabelos despenteados e segue para próximo da escada, onde vê seu pai sendo algemado, ela tenta entender o motivo daquilo estar a acontecer , sua mãe a olha e pede com as mãos para que a filha não desça. Carolina chora ao ver o pai sendo levado pela polícia. Assim que os policiais saem com seu pai, Carolina desce correndo pela escada.

CAROLINA (aflita): – O que houve, mãe?  Meu pai foi preso por qual motivo?

Débora, a mãe de Carolina a abraça fortemente.

DÉBORA (Chorando): – Seu pai foi vítima de uma armação, filha.– Ela olha nos olhos da filha. – Mas eu vou achar um jeito de provar a inocência dele.

CAROLINA (Chorando): – Nós faremos isso juntas, mãe. – Afirma a jovem chorando no ombro de sua mãe.

Débora sai do abraço da filha e se senta no sofá, enxuga as lágrimas que escorrem.

DÉBORA: – Vamos ter que mudar, filha. Aqui já não é mais seguro, pois  não sei se as pessoas vão querer fazer mal pra gente assim como fizeram com seu pai.

Carolina se senta ao lado da mãe, e segura sua mão.

CAROLINA: – Vamos nos mudar sim, mãe. Mas para onde a senhora pensa em ir?

DÉBORA: – Só tem um lugar para onde podemos ir e viver tranquilas,  e ainda investigar em paz toda essa trama que fizeram ao seu pai. – Ela suspira devagar antes de continuar. -Rio Novo , filha, eu tenho uma irmã por lá, e viveremos em paz. Sei que será difícil para você se adaptar, mas eu tenho certeza  que você vai conseguir.

CAROLINA: – Eu conseguirei sim, mãe! É o meu último ano na escola e não vai ser tão radical, eu acho.

DÉBORA: – Partiremos amanhã mesmo, filha. E Deus vai nos ajudar a tirar o Rogério daquele lugar e colocar o verdadeiro culpado na cadeia.

Carolina abraça mais uma vez a mãe, que se permite chorar mais um pouco no ombro da filha.


|| Rio Novo, Casa dos Magalhães, Sala, Interior, Manhã 

Eron desce pela escada notoriamente apressado, tem nas mãos seu celular de última geração, e dá de cara com a mãe assim que pisa no último  degrau.

SÍLVIA: – Onde vai com tanta pressa, meu filho?

Eron mostra a tela do celular para Sílvia, que por sua vez se espanta com o que vê.

ERON: – No que o meu pai está metido dessa vez, minha mãe?

Silvia continua tentando digerir a informação que acabou de pousar em suas mãos, ela olha para o filho e não sabe dizer o motivo da tal notícia veiculada.

SÍLVIA: – Não julgue seu pai antes de saber o real motivo dessa notícia, filho.

Eron guarda o celular no bolso da calça.

ERON: – Prefiro não ouvir explicação do doutor Magalhães, pois sei que ele vai tentar me persuadir de todas as formas assim como sempre fez com a senhora.

SÍLVIA: – Onde Você vai?

Eron que já está próximo da porta, se vira e encara a mãe.

ERON: – Vou para a casa do Guilherme e ficarei por lá até as aulas retornarem na segunda-feira, e peça para o meu pai se tornar humano, mãe. Todos em Rio Novo tem medo dele, até mesmo eu.

Eron sai de casa deixando sua mãe pensativa.

SÍLVIA: – O Glauco foi longe demais. – Ela afirma enquanto pega o telefone do suporte em cima da pequena mesa ao lado do sofá. – Ele tem que parar de envolver gente inocente nas tramóias dele.


||| Empresa Magalhães e Companhia, Sala da Presidência, Interior, Manhã

Um homem loiro passa rapidamente pela recepção e entra na sala, abre e fecha a porta da sala da presidência em seguida. Ele segue em direção a mesa da presidência, que está ocupada por outro homem que levanta o olhar, é Glauco Magalhães.

GLAUCO (Sorrindo): – Como foi tudo, Sérgio?

Sérgio se senta na poltrona na frente da mesa de Glauco.

SÉRGIO: – Foi excelente, doutor! Mas ainda temos o problema da mulher e da filha dele.

Glauco se levanta da cadeira e se senta próximo da janela de sua sala.

GLAUCO: – Elas não serão um problema, Sérgio, tenho certeza disso. – Ele afirma com um sorriso de grande satisfação.

CONTINUA

Anúncios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s