Devaneios


sem-titulo-xzw


Ele era pensante

Errante

Era ser adiante

Cambaleante.

Ele era natural do erro

Finito desespero.

Ele era único

No mar dos desacompanhados

Ele ficou afastado

Sentia que algo  não estava certo e nem  errado

Ele estava fascinado

Pela arte de ser mais um na multidão

E passar despercebido

Por cada coração.

Anúncios

9 comentários sobre “Devaneios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s