Precioso Viver: Capítulo 10

picsart_10-26-04.13.34.jpg


CENA 1: Casa de Fernando, Sala, Interior, Noite

Marcos consegue entrar com uma cópia da chave que Fernando lhe dera, ele se preocupa  ao vê-lo desmaiado no sofá. Marcos tenta acordar Fernando que não responde a nenhum de seu chamados mais enérgicos.

MARCOS: – Acorda, chefe! – Ele pede enquanto bate levemente na face de Fernando. – O que houve com o senhor pra estar desse jeito, pra ter acontecido isso? – Ele se pergunta.

Fernando começa a abrir os olhos, Marcos o deixa no sofá e fica observando ele despertar.


CENA 2: Pequeno Rio, Exterior, Manhã 

Damião arruma suas varas de pescar, está sorridente e confiante de que será um excelente dia para pegar muitos peixes. Matheus se aproxima de Damião, que o encara.

DAMIÃO: – Não vai pescar comigo?

Matheus coça a cabeça.

MATHEUS: – Hoje não, Mano, estou com muita preguiça.

DAMIÃO: – Preguiça você tem todo dia, Matheus. Vamos logo, pois precisamos pegar esses peixes.

MATHEUS: – Não tem mais nada em casa?

DAMIÃO: – Tem, mas não é o suficiente, você sabe disso. – Ele afirma enquanto  entrega uma vara de pescar para Matheus.


CENA 3: Casa de Isabel e Ruan, Sala, Exterior, Manhã

Isabel anda de um lado para o outro, está aflita por notícias de Ruan, não conseguira dormir direito, pois sentia a todo instante algo inexplicável. A porta da casa se abre, e Julia entra.

JULIA: – Ele não ligou mesmo?

Isabel levanta o olhar.

ISABEL: – Não, ele não fez contato até o momento. Eu estou desesperada, não sei o que fazer.

JULIA: – Liga para o Virgílio e vê o que está acontecendo, pois isso não combina com o Ruan, Isabel.

ISABEL: – É isso mesmo que eu farei, Julia. Não aguento mais essa angústia, quero saber se ele está bem.

JULIA: – Eu vou ligar para o Douglas, talvez ele tenha alguma informação.

ISABEL: – Obrigada, minha amiga!


CENA 4: Apartamento de Agenor, Sala, Interior, Manhã 

Virgílio está pensativo enquanto olha pela janela, quer ter notícias logo de Ruan. Agenor se aproxima de seu chefe.

AGENOR: – Nós descobriremos onde seu sobrinho está. – Ele afirma.

VIRGÍLIO: – Eu tenho certeza que o Fernando quer fazer algo muito ruim com o irmão dele.

AGENOR: – Nada vai acontecer, senhor! Eu encontrarei o Fernando logo. – Ele afirma com uma grande certeza nas palavras.

VIRGÍLIO: – Eu vou sair um pouco, e pensar se aviso ou não a Isabel,  ela pode estar muito preocupada.

Virgílio se encaminha para a porta, ele abre e fica surpreso com o que vê.

VIRGÍLIO: – Vem aqui, Agenor!

Agenor vai até Virgílio.

AGENOR: – Aquele não é seu sobrinho? – Ele questiona apontando o dedo para o fim do corredor.

VIRGÍLIO: – Era o Fernando, Agenor.

AGENOR: – Vamos seguí-lo e ver se ele nos leva até o Ruan, senhor.


CENA 5: Rio Pequeno, Exterior, Manhã

Damião e Matheus seguem pela margem do rio, procuram um bom lugar  para pescar com mais  tranquilidade. Matheus se assusta ao ver um corpo na Margem.

MATHEUS: – Tem um corpo alí,  Damião! – Ele grita.

Damião olha para o lugar que Matheus indicara, e também avista o corpo. Ele deixa as coisas com o irmão e segue para perto. Matheus está paralisado.

DAMIÃO: – É um homem, Matheus! – Grita Damião tocando no rosto de Ruan, que tem os olhos abertos. – Ele está machucado.– Ele afirma olhando para o irmão.

MATHEUS: – Ele não está morto ? – Ele Pergunta se aproximando devagarzinho.

DAMIÃO: – Deixe de ser medroso, Matheus, ele não está morto! Largue essas coisas aí e me ajude a carregar ele.

Matheus deixa todas as coisas no chão e segue até o irmão.

DAMIÃO: – Vai ficar tudo bem, a gente vai levar você para um hospital. – Ele diz a Ruan.

Ruan mexe os olhos.


CENA 6: Aurora, Casa de Isabel e Ruan, Sala, Interior, Manhã

Isabel liga várias vezes para a Fazenda Vermelha, porém só a empregada antende, ela estranha. Julia chega com Douglas, Isabel deixa o celular de lado.

JULIA: – Eu trouxe ele, Isabel.

ISABEL: – Está acontecendo alguma coisa?

DOUGLAS: – Não que eu saiba, Isabel!

ISABEL: – Eu já liguei várias vezes para a Fazenda, mas o Virgílio não está.

DOUGLAS: – O Patrão foi para São Paulo às pressas ontem a noite, Isabel.

Isabel se senta no sofá, coloca as mãos na cabeça.

ISABEL: – Eu sinto que tem algo estanho, mas não sei o que é. Eu tenho que conseguir falar com o Virgílio.

Douglas estende a mão com um papel para Isabel.

DOUGLAS: – É o número pessoal do patrão, Isabel, ligue para ele. Ele não vai ficar bravo, afinal todos nós queremos notícias do Ruan.

Isabel pega o papel da mão de Douglas.


CENA 7: São Paulo, Avenida, Manhã

Fernando segue em um carro vermelho junto de Marcos, logo atrás vem Virgílio junto de Agenor em um carro branco. Marcos segue diretamente para o aeroporto, ele pára o carro, assim também como Agenor que pára seu veículo um pouco mais distante. Todos saem do carro.


CENA 8: São Paulo, Aeroporto, Interior, Manhã

Agenor olha para Virgílio, que espreita Fernando e Marcos.

VIRGÍLIO: – Pra onde será que ele está indo?

AGENOR: – Tenho a impressão de que não será para muito longe.

Agenor e Virgílio ouvem a última chamada para o voo que parte para Aurora. Virgílio olha para Agenor, parece assustado.

VIRGÍLIO: – Ele vai para Aurora!

O celular de Virgílio começa a tocar , ele atende rapidamente e se surpreende ao ver que é Isabel.

VIRGÍLIO (ao celular): – Oi Isabel.

ISABEL (do outro lado da linha): – Desculpa incomodar senhor Virgílio,  mas é algo muito urgente que não posso mais esperar. – Ela suspira profundamente. – O Ruan  não me ligou ontem o dia todo, ele não  é de fazer isso, o que está acontecendo?

Virgílio olha para Agenor, está entre contar ou não contar sobre o sumiço de Ruan.


CENA 9: Pequeno Rio, Hospital, Sala de espera, Interior, Manhã 

Damião e Matheus estão sentados aflitos na sala de espera, os dois irmãos se olham com medo do que possa acontecer com o estranho que eles encontraram. O médico entra na sala.

MÉDICO: – Foram vocês que o encontraram?

Damião se levanta.

DAMIÃO: – Sim, doutor, e como ele está?

MÉDICO : – Vamos operar ele agora. – Ele afirma enquanto olha para prontuário. – Eu sei que isso é chato, porém a gente precisa do pagamento dessa operação rapidamente. – Diz o médico meio constrangido.

Matheus e Damião se olham, a dúvida paira no ambiente.


CENA 10: Aeroporto, Avião, Interior, Manhã

Fernando sorri, ele se senta na poltrona, olha para uma foto de Ruan em seu celular, ele pensa em Isabel.

FERNANDO: – É a última coisa que falta para que eu possa falar que conquistei tudo o que sempre sonhei. Meu irmão não esta mais no meu caminho, logo eu farei com que a Isabel se apaixone por mim, somente por mim (Sorri).

CONTINUA…

Anúncios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s