IN|VERSO


Em épocas de motores, o remo repousa na esperança de voltar a ser usado.


Quem muito oferece, de verdade, realmente não quer dar.


Obstrui as entradas e saídas da morada na esperança da tristeza não voltar a incomodar, mas a verdade é que nele está o habitar dela.

Anúncios

15 comentários sobre “IN|VERSO

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s