O Mago: Capítulo 11 (Segunda Temporada)


20161219_184230

As Aparências Enganam


Caverna dos Desejos 

– Sei que vocês ficarão seguros até a hora certa em que deverei usá-los sem temer ninguém nesse Reino. – Diz a jovem enquanto esconde os três objetos mágicos entre as rochas. – O Alim e o Arom pagarão caro por terem tirado o meu pai de mim, eu sou Morgana de Critu, e ninguém ficará no meu caminho. – Afirma Morgana se colocando de pé.

Morgana tem seus olhos completamente violetas, ela olha para o teto da caverna, um olhar repleto de raiva.

Acrema Arapato Icremato Pronuncia Morgana desaparecendo em seguida.

Morgana reaparece no antigo Castelo que era de Brozan, seu pai, ela caminha até o trono e se senta com uma certa delicadeza.

– Apenas estou começando e diferente de todos, tenho certeza que terminarei o que comecei. – Afirma Morgana enquanto sorri.



Reino de Viturius 

Alim está praticamente de joelhos no chão do lado em que Aron repousa, a luz do sol começa  a entrar pela janela, Alim olha e depois beija a face de Aron.

– Aron, está na hora de acordar. – Alim beija a face de Aron. – Abra os olhos, pequeno.

Aron começa a abrir os olhos lentamente, e se levanta assustado.

– Onde estamos? Estamos bem? – Questiona Aron ao olhar com seu olhar amedrontado.

Alim levanta e se senta ao lado de Aron na cama.

– Faz algumas semanas que você acorda assim, Aron. Nós estamos bem, estamos em casa, estamos no Reino.

O Mago Aron coloca as mãos na cabeça, tenta se lembrar de algo, e consegue.

– Foi o Lion quem nos tirou de lá?

– Sim, ele nos salvou de morrer congelado. – Confirma Alim ao abraçar Aron.

– Nós perdemos os três objetos? – Questiona Aron olhando nos olhos de Alim. – Não devíamos ter perdido, isso é culpa minha.

– Não é culpa sua, Aron, tenha certeza disso, e logo a gente vai conseguir recuperar o que perdemos.

Alim faz com que Arom apoie a cabeça  no ombro dele.

– Eu nunca me senti tão inútil. Estou deixando o reino a mercê de um feitiço que até mesmo eu desconheço.

– A gente não desistiu ainda, Aron. Vamos proteger o reino. – Promete Alim ao afagar os cabelos de Aron. – Nós estaremos juntos como sempre e não deixaremos que o mal se alastrar. – Alim beija a testa de Aron. – Agora vou conversar com os conselheiros e ver a melhor opção para estarmos preparado. – Diz Alim se levantando do lado de Aron.

Aron olha para Alim e tenta sorrir, mas não consegue convencer, está um pouco abalado.

– Eu amo você, prometo voltar logo. – Alim beija Aron. – Não quero vê-lo assim.

Alim segue até a porta, ele a abre e olha para Aron, que dá um pequeno sorriso. Alim sai um pouco mais tranquilo, logo Lion entra e vai até o irmão.

– Você está pensando em ir atrás da filha do Brozan, não está? – Questiona Lion.

– Eu sei que é perigoso, mas não posso ficar de braços cruzados enquanto o improvável pode chegar de repente, meu irmão.

– Você tem é que ficar quieto, Aron. Não pode agir feito um maluco sempre. A Morgana está poderosa.

– Como você sabe o nome dela? – Pergunta Aron.

– Depois de vários ataques às aldeias próximas daqui, todos sabem o nome dela.

– Temos que parar ela, isso não pode continuar. – Afirma Aron se levantando da cama.

– Onde você está pensando que vai? – Questiona Lion ao ficar na frente do irmão. – Pelo menos uma vez faça o que o Alim lhe pede irmão.

Aron se rende e vai até a janela.

– Eu tenho que encontrar um jeito de proteger o reino, de proteger o Alim. – Pensa Aron enquanto olha para fora.

Lion se aproxima do irmão.

– Eu acredito que ela não atacará agora, Aron. Nós dois pensaremos em jeito dos planos dela não darem certo.

Lion passa uma certeza imensa enquanto fala, Aron segura sua mão.

– Obrigado por estar ao meu lado, meu irmão. – Agradece Aron.



Uma pessoa encapuzada chega a cavalo no Castelo onde Morgana está, ela desce, passa pelos guardas mortos vivo rapidamente e entra. Morgana se levanta  ao ver a porta da sala do trono se abrindo.

– Que bom que você veio, meu caro. – Diz Morgana enquanto caminha até a pessoa. – Pode tirar o seu capuz, estamos só eu e você, meu grande amigo.

A pessoa retira o capuz, e levanta a cabeça, é Catro, o servo do rei. Morgana se vira.

– Teve uma vez em que você quase o matou, Catro, fiquei sabendo de sua coragem.

– Milady, eu não consegui naquele momento, talvez pela magia usada em mim ter sido muito fraca.

– De fato, mas agora você está comigo, e nós conseguiremos alcançar o nosso objetivo.– Morgana torna a olhar para Catro. – Quando você se infiltrou no reino de Viturius a mando de meu pai, confesso que não levava você muito a sério, mas você se mostrou astuto e confiável, terá um lugar importante ao meu lado quando tomar o trono de Alim. – Morgana sorri. – Você trouxe o que eu pedi?

Catro retira de sua cintura alguns documentos e os entrega para Morgana.

– Esses são os principais segredos do exército que defende o reino.  – Comenta Catro.

– Magnífico, Catro. – Sorri Morgana. 

– Agora eu preciso retornar, ou vão dar por minha falta.

– Você não precisa retornar, Catro. Fique aqui comigo e acompanhe cada etapa dessa nova era que estar por vir, nós veremos a queda do grande Alim.

Morgana sorri, assim como Catro, que aceita ficar ao lado da bruxa.



Reino de Viturius 

Galbo procura Catro por todos os cantos do castelo,  sobe e desce escada apressado, teme que tenha acontecido algo com ele.

– Onde será que ele se meteu? – Galbo se questiona em pensamento. – Será que ele ficou enciumado por eu ter beijado o Lion? – Galbo segue pelo corredor que leva ao quarto de Catro.

Galbo vê que a porta está somente encostada, ele entra, mas não vê ninguém. Quando Galbo sai, acaba esbarrando em Lion, que por sua vez percebe o semblante de preocupação do cavaleiro.

– Aconteceu alguma coisa, Galbo? – Pergunta Lion.

– Você viu o Catro?

– Ele não está no quarto ?

– Acabei de olhar, e não tem ninguém, fiquei até em dúvida se é mesmo o quarto dele. – Responde Galbo.

Lion sorri. Galbo o olha com certa raiva.

– Está rindo do que Lion?

– Você esqueceu de onde fica o quarto da pessoa que você disse que amava para mim. Você é estranho.

– Eu não disse que amava ele, disse apenas que gostava, que sentia carinho. Viu ele ou não?

– Eu vi ontem a noite, mas depois não vi mais, Galbo, desculpe. – Diz Lion se afastando.

Galbo corre e segura na mão de Lion.

– Desculpa, eu não queria ter sido tão rude com você, Lion. Eu só estou assim, pois estou preocupado. Desculpa mesmo!

Lion se aproxima de Galbo e beija o rosto do cavaleiro.

– Eu não fico zangado facilmente, Galbo. Eu gosto de você, muito mesmo. – Diz Lion saindo da presença de Galbo, que fica olhando  Lion se afastar.

Galbo sorri.



Alim entra em seu quarto e não vê Aron.

– Onde ele está?

Alim começa a procurar por Aron em todo o quarto, mas não o encontra, Lion entra no quarto.

– Milord? – Lion está surpreso.

– Diga, cadê o Aron? – Questiona Alim.

– Ele foi tentar encontrar os objetos.

– E você deixou, Lion?

– Eu não posso amarrar ele para que ele não fosse, Milord.

– Depois conversaremos sobre isso, Lion. Eu tenho que ir até ele, não posso deixá-lo sozinho. – Alim pega sua espada. – Você vem comigo? – Pergunta Alim.

– Milord, ele pediu que a gente não interfira. Eu tenho que respeitar meu irmão.

Alim olha sério para Lion.

– Ele é seu irmão, mas eu sou seu rei, e vamos logo, pois todo segundo conta.

Alim empunha sua espada, logo ele e Lion desaparecem de onde estão.



Caverna dos Desejos

Aron caminha pela caverna, sente que alí há uma grande magia, sente que pode estar perto do seu objetivo. Ele para um pouco e pensa em Alim.

– Não, eu fiz certo, não devo mais envolvê-lo nisso tudo, eu sei que existe um modo, sei que existe uma maneira de um não morrer se o outro morrer. – Diz Aron enquanto enxuga algumas lágrimas. – Eu tenho que ser forte.

Aron caminha mais alguns metros e logo se vê de frente para uma bela mulher que o chama mais para o fundo da caverna. Aron vai com receio do que pode ser, do que está por vir.

– Quem é você?  – Questiona Aron ao se aproximar da mulher.

– Vim para lhe guiar nesse caminho tão escuro.

– O que realmente quer dizer com isso? – Pergunta Aron mais uma vez.

– Não faça o que você pretende fazer, jovem Mago. O amor que liga vocês dois é mais forte do que tudo, esse amor é a sua salvação, a salvação do Alim e todo reino que você já bem conhece. Não faça o que a Morgana quer. – Diz a bela jovem.

– Mas esse é o único jeito de derrotar a Morgana, não posso deixar que todos comecem a padecer por causa do meu egoísmo.– Diz Aron emocionado.

– Todos realmente vão padecer caso você peça esse desejo que está circulando em sua mente. Você e o Alim tem muitas batalhas pela frente e o que manterá vocês de pé será esse amor, será essa energia que vocês compartilham.

Aron cai ao chão de joelhos, Alim aparece com Lion, o rei corre para perto de Aron.

– Eu não deixarei que você faça isso com a gente, Aron. Somos um, nunca pense o contrário e eu estaria feliz em qualquer lugar com você. – Diz Alim abraçando Aron. – Tudo o que houve lhe deixou arrasado de muitas formas, mas estou aqui com você e sempre estarei. – Alim abraça Aron mais forte.

– Mantenham, cuidem  desse amor que um tem pelo outro, pois ele é a chave para que o equilíbrio se mantenha. – Diz a bela jovem antes de se transformar em uma pequena bola de luz.

Aron e Alim olham para ela desaparecendo. Alim torna a olhar para Aron. Lion olha para os dois e grita.

– Acho que encontrei alguma coisa!

Rei e Mago se levantam e vão até Lion, que aponta o que viu.

Refapto Crimato Petremo – Pronuncia  Aron.

As rochas a frente dos três começam a se abrir, e logo é visível os três objetos.

– Eles  estão aqui, Aron! – Alim está surpreso.

Aron segura os objetos nas mãos.

– Temos os objetos, mas temos agora é que parar a Morgana, algo me diz que há muita coisa que ela pode tentar fazer. – Comenta Aron. – Vamos sair daqui!

Alim empunha sua espada e os três desaparecem rapidamente.



Morgana está em frente de um gigantesco espelho, ela vê tudo o que se passou na caverna dos Desejos.

– Não posso acreditar que ele  não tenha feito o pedido, era só separar esse amor, e tudo estaria mais fácil, tudo. Eu não deveria tê-lo subestimado, maldito, Aron! – Grita Morgana.

Catro aparece onde Morgana está.

– Precisará da minha pessoa ainda, Milady?

– Agora mais do que nunca Catro, preciso que você retorne a Viturius e faça o que você puder para destruir o amor de Aron e de Alim. Só assim eu terei toda essa terra sobre meu domínio. – Morgana se aproxima de Catro. – E encontraremos um modo de reaver os objetos essenciais. – Sorri Morgana. – Agora vá e me sirva como sempre da melhor forma.



Catro chega aos portões de Viturius, Galbo o reconhece e sai ao seu encontro. Catro desce do cavalo, Galbo o abraça.

– Onde você esteve? – Questiona Galbo.

– Eu sei que pareço ser um inútil, mas eu tenho informações importantes para o Rei Alim.

Galbo encara Catro.

– Você se arriscou dessa maneira? Você poderia ter morrido, Catro!

– Ela tem plena confiança em mim, Galbo. Você me ensinou a ser leal ao rei, então tive que fazer alguma coisa.

– Desculpa, eu queria ter impedido você de fazer isso.

– Vai ficar tudo bem! Agora devemos informar tudo o que ela me contou ao rei.

Galbo e Catro entram no castelo. Galbo passa o braço em volta de Catro.

– Está se saindo melhor do que eu. – Galbo sorri.

Catro se solta e sorri.

– Eu só não quero passar por tudo o que eu passei quando perdi meus  pais.

CONTINUA

 

Anúncios

30 comentários sobre “O Mago: Capítulo 11 (Segunda Temporada)

      1. Amigo…. eu gosto de todos os capitulos que escreve muito, porém esse ficou maneiro, acho que um dos melhores até agora…. ritmo perfeito… timing perfeito, um capítulo que veio na hora certa!

  1. Amigo que tiro foi esse? Capítulo sensacional… amei cada cena! Fiquei surpreso aqui com tudo o que aconteceu. Ficou muito bom a cena que mostra que Aron ficou traumatizado com o que aconteceu, foi uma boa forma de continuar a narrativa de onde o último capítulo parou. Quando Galbo foi falar com Morgana, fiquei no chão literalmente, amigo! FIQUEI CHO-CA-DO aqui com aquilo, nossa pemsei “agora ferrou a porra toda!!!!!!!’ Adorei a cena do Aron e Lion, mostrando um pouco mais dessa relação de irmão que os dois tem e mostrar que mesmo safadinho, Lion é um bom rapaz e respeita o irmão. Adoro ele safadinho! hahaahahaha… AGORA VAMOS FALAR DE GALBO (só um parenteses, quem você imagina sendo Galbo, ele tá aparecendo demais e preciso saber, já amo ele e Lion ahahahaha), falando nisso a cena dos dois foi fofa demais, amei! Depois do choque com Catro, quando vi essa cena minhas esperanças de um amor entre os dois renasceram! hahahaha eu estava: GALION IS REAL! GALION IS REAL! IT IS REAL! hahahahaha Adorei, ficou linda a parte que Galbo se desculpa e tals. Depois quase que Aron faz merda… Mas alim o impediu ficou muito bom a cena. E sem falar do final digno de reviravolta de HTGAWM que acontece nos segundos finais do episódio! Nossa fiquei no CHÂO de novo! Quando vi que era tudo um ´plano de Catro, mostrando que ele é corajoso e fiel! (Confesso que fiquei com o coração partido, porque isso mostra que é mais dificil de Lion e Galbo acontecer, mas fiquei feliz dele não ter sido traíra!) MAGNÍFICO SEU LINDO! TE DARIA UM BEIJO NA BOCA PARA AGRADECER ESSE CAPÍTULO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK AGORA FALANDO SÉRIO….. FICOU MUITO BOM, AMEI… MELHOR CAPÍTULO ATÉ AQUI EVEEEEEEEEEERRRRRRRRRRRRR

    1. 😀😀😀 cadê o beijo ? 😂😂 😆 brincadeira
      Deixei o Catro flertar com o perigo um pouco. Mas quem disse que não será possível Galion? Tudo pode acontecer 😆 muito obrigado amigo, de verdade por gostar tanto dessa saga louca de O Mago 😀 🙂

      1. O beijo foi mentalmente para você, deve demorar para chegar um pouquinho aí…é pouco longe, daqui a pouco chega!!!!!!! 😛 kkkkkkkkkkkkkk GALION IS REAL, EU SABIA!!!!!!!!!!!!! DE NADA, eu amo essa história!!!! 😀 😉 E quem é Galbo na sua imaginação????

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s