Devaneios


maxresdefault


Somos mais do que éramos,

Éramos sais,

Pedras errantes, caminhos reais,

Já trocamos as notas, está tudo bem

Seguiremos a rota sem dizer a ninguém.

Segredos são assim

Não podemos arriscar,

Darei o melhor de mim,

Vem comigo flutuar.

Vamos ter esperança,

Deixar reviver a criança,

Que nos habita e nos nunca deixou,

Vamos dizer sim ao amor, por favor.

São muitas as tristezas,

mas tenha a certeza,

De que no final do dia,

Reinará a alegria.

Não pode desistir

Venha por aqui,

Me dê a mão,  

Vamos juntos apaziguar o coração.

Vamos ter esperança,

De um mundo bem melhor,

Onde haja amor em abundância,

Só peço que não deixe de ter esperança.

Aí seremos um pouco de criança,

Todos vão entrar na dança,

E não haverá mais distinção,

Pois todos terão bom coração,

E viva a nova geração

(Não custa sonhar).

Não haverá tristeza todo dia,

Viveremos em harmonia,

Pois afinal somos todos de carne e osso,

Afinal, deixaremos de ser insosso.

Horizonte incerto, nunca mais,

Só quero um mundo de paz,

Querer…

Sim, já é quase poder.

Anúncios

16 comentários sobre “Devaneios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s