Luz dos Olhos: Capítulo 12





Arraial, Empresa Cavalcante Robato, Sala da Presidência, Manhã 

Um lado da boca de Cássio começa a sangrar, ele se ajeita. Cássio dá a volta na mesa e fica face a face com Rodrigo, ele o olha por um curto instante, e logo se arrepende de ter feito isso. Rodrigo mantêm a mesma postura.

RODRIGO: – Ninguém trata as pessoas que eu amo dessa forma como você tratou minha namorada. Você é um perfeito idiota que acha poder tudo, mas não pode!

Rodrigo se vira para sair da sala de Cássio.

CÁSSIO: – Isso não vai ficar assim, moleque!

Rodrigo para e se vira lentamente.

RODRIGO: – Do que você me chamou?

CÁSSIO: – De moleque, pois é isso que você é.

RODRIGO: – Só não parto sua cara por respeito as outras pessoas, que com certeza valem mais do que você. E vou avisando que não tenho medo de suas ameaças.

CÁSSIO: – Mas é bom ter!

Rodrigo volta a andar, ele sai da sala enquanto Cássio o observa furioso.



Arraial, Casa de Brenda, Quarto , Manhã

Brenda está no quarto com um álbum de fotografia ao seu lado, ela olha e se emociona a cada nova foto.

BRENDA: – Eu queria que você tivesse me escutado, Gonçalo. Você faz tanta falta.

Brenda pega uma fotografia de Gonçalo e a beija.

BRENDA: – Onde você deve estar, meu amor? Eu sei que você está vivo, meu coração não se engana, eu quero você de volta, quero você comigo e com seu filho.

Brenda chora com a foto do marido nas mãos, seus pensamentos lhe trazem maravilhosas recordações.


Arraial, Casa dos Matoso, Sala, Manhã 

Bibiane entra em casa e se senta no sofá, Rui aparece em seguida vindo do quarto.

RUI: – Tudo bem?

Bibiane olha para o marido.

BIBIANE: – Comigo sim, mas com a Brenda não, meu amor. Você acredita que ela acha que o Cássio possa estar aqui em Arraial? Eu não vejo como, pois o que aquele homem estaria fazendo aqui!?

RUI: – Acredite! Ele está.

BIBIANE: – Então é verdade?

Rui balança a cabeça afirmativamente.

BIBIANE: – O que esse homem está querendo? Ele já não tinha a empresa em Nevedo, agora veio para cá.

RUI: – Dizem que ele só está de passagem, mas não acredito nisso, pois ele abriu uma sede da empresa no Centro.

BIBIANE: – Meu Deus! Agora que a Brenda não terá paz um segundo sequer, ela tem um ódio terrível do Cássio.

RUI: – Não é pra menos, nós vimos do que o Cássio é capaz, ele só não foi preso pelo fato de nós naquela época não termos provas suficientes.

BIBIANE: – Mas eu conto com a certeza de que ele não consegue reconhecer a Brenda.

RUI: – Ele fez muito mal à todos nós, cedo ou mais tarde ele será cobrado.

BIBIANE: – Também acredito nisso, e por mais que meu coração não seja de pedra, eu não sentirei nenhuma pena dele.

Rui abraça Bibiane que o beija.

RUI: – Nossa filha foi para a entrevista?

BIBIANE: – Sim, a Ingrid está muito confiante e eu também estou.

RUI: – Tenho certeza que ela vai conseguir


Arraial, Rua, Centro, Manhã 

Rodrigo e Ingrid caminham lado a lado pela calçada, ela está cabisbaixa por conta de não ter conseguido a vaga de emprego, mas por dentro também está cheia de orgulho por ter Rodrigo como seu protetor e amor.

INGRID: – Desculpa por colocar você em uma situação dessas, Rodrigo.  Eu não deveria ter falado. Isso tudo prejudicou você.

Rodrigo olha para Ingrid.

RODRIGO: – Não tem importância, Ingrid, o que importa é que ninguém vai maltratar você enquanto eu estiver ao seu lado.

INGRID: – Minha mãe e minha madrinha vão ficar uma fera comigo.

RODRIGO: – Elas vão entender, meu amor, eu sei disso.

Ingrid olha um pouco para trás ao se sentir observada, e vê dois homens grandes seguindo ela e Rodrigo.

INGRID: – Acredito que tenha dois homens nos seguindo.

RODRIGO: – O quê?  Como assim?

INGRID: – Olhe pra trás e você vai ver!

Rodrigo olha disfarçadamente para trás, ele vê os homens que sua namorada disse.

RODRIGO: – Quando eu disser pra correr, você corre!

INGRID: – Está bem!

Ingrid e Rodrigo dão mais alguns passos, eles se olham.

RODRIGO: – Corre! (Sussurra).

Ingrid começa a correr, e isso chama a atenção dos dois homens que começam a correr na direção de Rodrigo, que corre em outra direção, ele atravessa sem olhar se vem carro, quase que é atropelado, mas o motorista consegue parar o veículo. Rodrigo está com o coração acelerado, o motorista sai do carro, é Gonçalo. Rodrigo desmaia por conta do susto tremendo que levara ao quase ser atropelado, ele só não cai no chão pelo fato de Gonçalo conseguir segurá-lo.

CONTINUA…

Anúncios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s