Luz dos Olhos: Capítulo 9




Fazenda Nascente, Manhã 

Mariana caminha devagar até o local onde o corpo daquele desconhecido homem repousa, ele se mexe, ela se assusta, é Gonçalo que está alí, mas Mariana não o conhece, nunca o viu. Ela se aproxima, e consegue retirá-lo do local, com certa dificuldade o leva para terra firme. Gonçalo está bastante ferido, não consegue falar direito, ele fecha os olhos dando mais um susto em Mariana, que pensa por um momento que o homem a sua frente pode ter morrido, mas ela presta atenção na respiração e suspira aliviada.

MARIANA: – Quem é você?  De onde você veio?

Mariana está aflita com a situação.

MARIANA: – Você precisa de um médico!

Depois de muitas tentativas frustradas, ela consegue levantar o homem, que está totalmente desorientado. Ela se mostra uma mulher forte, pois consegue apoiar o desconhecido, eles seguem para a sede da Fazenda.


Nevedo, Casa dos Matoso, Sala, Manhã 

Bibiane está com o pequeno Rodrigo nos braços enquanto lê a carta de Brenda, ela chora pela amiga. Rui se emociona também ao pegar a carta e ler.

RUI: – Eu nunca imaginei que o Cássio poderia fazer uma. Lisa dessas. Achei que o intento dele era somente roubar todo o dinheiro do irmão.

BIBIANE: – Ele é um monstro, Rui. Eu espero que ela consiga sair daquela casa em tempo, o Rodrigo precisará dela.

RUI: – Eu queria saber o que ela planeja fazer, ela não pode com o Cássio.

BIBIANE: – Ela é forte, Rui! Vamos torcer pra que ela saia bem daquela Fazenda.

Bibiane anda de um lado para o outro, Rodrigo dorme em seus braços.

RUI: – Eu tenho que ajudar ela, Bibiane.

BIBIANE: – Só toma cuidado, meu amor!

RUI: – Eu tomarei todo cuidado possível!

Rui beija a testa de Bibiane, ele segue até o quarto, abre o guarda-roupa e de dentro retira um revólver.

RUI: – Essa loucura do Cássio tem que terminar hoje!


Fazenda Temporal, Sede, Varanda, Manhã 

Brenda está sentada na varanda, tem ao seu lado, malas, ela se levanta da cadeira em que está sentada quando vê alguém surgir na porteira, ela reconhece Cássio, que manca. Cássio se aproxima cada vez mais, Brenda  o olha com extremo ódio, ele não  encara ela. Brenda vai até Cássio.

BRENDA: – O que você fez com ele, desgraçado?  O que você fez com seu irmão?

Brenda bate com as mãos no peito de Cássio, que se mantêm com a cabeça abaixada.

BRENDA: – Assassino! Você matou seu irmão, você matou meu marido (chora).

CÁSSIO: – Eu não queria, juro que eu não queria isso, me perdoa!

BRENDA: – Seu irmão lhe ajudou como sempre,  e você faz isso, você manda sequestrar seu sobrinho e mata o próprio irmão e ainda quer perdão? (Chora) eu não tenho provas, mas eu vou encontrá-las e você  vai se arrepender do que fez.

Cássio levanta o olhar e encara Brenda.

CÁSSIO: – Não foi minha intenção matar ele, Brenda!

Cássio tenta segurar Brenda, mas ela se afasta um pouco e desfere tapas no rosto dele.

BRENDA: – Eu vou ver você na cadeia ainda, eu vou! Você é um monstro.

Brenda volta para a varanda, ela pega as malas, Cássio se coloca na frente dela.

BRENDA: – O quê? Vai querer me impedir de ir embora?

CÁSSIO: – Eu vou trazer o Rodrigo de volta!

BRENDA: – Eu vou embora! Eu mesma vou encontrar meu filho.

CÁSSIO: – Eu não queria ter feito aquilo.

BRENDA: – Queria sim, mas isso não importa, fica com o dinheiro,  com a fazenda, com tudo o que você sempre quis. Eu vou procurar meu marido, e meu filho.

Cássio torna a baixar a cabeça.

CÁSSIO: – Ele morreu!

Brenda arregala os olhos.

BRENDA: – Você matou ele mesmo, então! Desgraçado (grita).

CÁSSIO: – Eu não matei ele, foi um acidente!

BRENDA: – Acidente planejado por você, com certeza!

CÁSSIO: – Entenda! Eu só fiz isso por te amar, Brenda. Você não compreende? Eu não aguentava mais ver você com meu irmão, eu queria você pra mim, só pra mim.

Brenda se apavora ao ouvir tal confissão.

BRENDA: – Ficou louco? Eu amo o Gonçalo, sempre amarei,  nunca ficaria com você, infeliz!

Brenda se vira para ir embora, mas Cássio a segura pelo braço.

CÁSSIO: – Eu sou louco por você, sempre fui!

BRENDA: – Me solta, Cássio!

CÁSSIO: – Eu não vou soltar você! (grita) agora você será minha, sem ninguém para nos  atrapalhar.

Cássio tenta agarrar Brenda, mas é surpreendido por Rui, que surge atrás dela com uma arma em punho.

RUI: – Solta ela, Cássio!

 Cássio sorri.

CÁSSIO: – O que você vai fazer? Vai me matar?

RUI: – Se preciso for, sim!

Rui engatilha a arma, Cássio solta Brenda, que corre para perto de Rui. Cássio aproveita o baixar da guarda de Rui e avança contra ele, os dois começam a lutar, a arma cai e Brenda a pega.

BRENDA: – Sai de cima dele, Cássio! (Grita enquanto engatilha a arma).

Bibiane dispara, seus olhos se fecham.

CONTINUA…

Anúncios

2 comentários sobre “Luz dos Olhos: Capítulo 9

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s