IN|VERSO


Corria por entre as àrvores, perdera o equilíbrio e caíra, mas não se levantou, queria ficar alí descansando da corrida.


Seu coração pertencia a outra pessoa, e quando ela precisou, veio e buscou.


As tormentas do gigantesco mar não eram nada em comparação aos problemas de sua vida, mas ele tinha certeza que conseguiria navegar na tranquilidade.

Anúncios

11 comentários sobre “IN|VERSO

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s