O Mago: Capítulo 10




Reino de Viturius

Ribarius está caído no piso do salão principal do palácio, ele olha diretamente para Aron.

– Você acha que conseguirá me vencer com um simples feitiço? -Ribarius Sorri-.

O feitiço em Ribarius é desfeito, ele se levanta rapidamente, movimenta a cabeça para o lado direito, Aron é lançado contra a parede, ele fica preso. Alim pega sua espada.

– Você não pode me ferir com uma simples espada, Alim. Vou te mandar para o Reino perdido de uma vez por todas. Você já me irritou demais jovem Príncipe! Você deveria ter ficado dormindo por toda a eternidade naquela Ilha, mas algum intrometido -Ribarius olha para Aron- fez o desfavor de despertar você.

– Eu vou acabar com você, Ribarius!

Alim desfere um golpe em Ribarius, que se transforma em uma fumaça negra e avança contra ele. Ribarius retorna a sua forma humana e tenta com toda sua força enforcar Alim.

– Príncipe! Príncipe!  Com você nem precisarei usar magia. Será fácil demais derrotá-lo.

A espada de Alim começa a emitir um brilho intenso, esse brilho ofusca a visão de Ribarius, que se desconcertra, então o feitiço que prende Aron, cessa. Aron cai no chão, Alim corre para próximo do mago.

– Você está bem? – Pergunta Alim colocando a mão no rosto de Aron-.

– Estou, mas não podemos desistir agora!

– Quem falou em desistir,  Aron? -Alim estende a mão para Aron- Venha!

Alim puxa Aron, que se levanta rapidamente.

– Não podemos adiar mais! -Aron olha nos olhos de Alim-.

– Eu nunca adiei nada, sempre pensei que a gente tinha essa conexão.

Aron sorri.

– Não estou falando disso, Alim.

– Do feitiço?

– Isso! Você está com medo?

Alim encara Aron com um sorriso discreto.

– Se eu tivesse tanto medo como você me vê , eu não teria coragem de ter enfrentado meu pai por você, jovem Mago!

– Hora inapropriada para uma discussão! Está comigo ou não está comigo?

– Que pergunta idiota, claro que estou contigo, sempre!

Aron e Alim olham para a Espada, que diminui seu brilho e retorna para as mãos de Aron.

– É o momento!

Alim e Aron seguram a espada, eles se concentram.

– Olucric Ratnemele !  -Pronuncia Aron-.

Um círculo dos elementos essenciais surge abaixo dos dois que ficam posicionados no centro.

– Ele está vindo, Aron!

– Vai dar certo, Alim!

Ribarius tenta impedir, mas já é tarde demais.

Etrom !

Aron e Alim olham diretamente para Ribarius no momento em que o feitiço é lançado. Ribarius começa a flutuar no ar, tenta escapar, mas um campo de energia o envolve, ele é carregado para o círculo dos elementos essenciais.

– Aqueles que você matou não vão voltar, mas você também irá para o mesmo lugar que eles, sem magia, sem nada que te faça voltar a cometer maldades -diz Aron, que apresenta o olho totalmente azul-.

– Vocês vão se arrepender amargamente do que estão fazendo!

O Centro de Magia de Ribarius se desprende, e se funde ao único Centro que Aron e Alim compartilham. Ribarius desaparece por completo. Aron cai de joelhos no chão, a espada de Alim cai a sua frente, Alim cai próximo a Aron, ele sorri.

– Eu tenho magia agora?

– Todos temos, Alim. Alguns tem tão pouco, que não são perceptíveis, outros tem muita magia.

– O seu caso! Agora acabou?

– Eu não sei se acabou, Alim.

– Como assim, Aron?

– Eu acho que estou muito fraco pra reverter o Etrom que Ribarius lançou no sol do Reino.

Alim segura a mão de Aron.

– Eu tenho certeza que você consegue! Você é o mago mais poderoso desse Reino, estou com você para o que der e vier, pode me usar da melhor maneira que você quiser.

Aron sorri, seus dentes brancos bem alinhados ficam a mostra por poucos segundos.

– Só você pra me fazer sorrir!

Aron fica de pé, Alim também se levanta. Os dois caminham para fora do salão. Os guardas apontam para os dois.

– Eles estão de volta! Eles estão de volta! -Grita um guarda com grande felicidade-.

Alim e Aron sobem a escadaria até chegarem a Torre mais alta. Os dois olham para baixo e veem grandes quantidades de criaturas negras de olhos vermelhos subirem pela parede do Castelo, é o exército de Camedra.

– Não quero assustar você, Aron, mas temos que andar rápido.

– Se algo der errado, não saia do meu lado, Alim.

– Eu não sairei, Aron.

Aron se concentra ao máximo, fecha os olhos e quando torna a abrir, estão totalmente azuis. Alim está bem próximo de Aron, que puxa a mão dele e a segura.

– Você é parte de mim!

Aron começa a emitir uma forte luz, algo que incomoda as criaturas do exército de Camedra, que começam a pegar fogo e evaporarem de forma instantânea.

– Sol que tudo iluminou, de sua casa foi retirado, luz que protege dos perigos, retorne ao seu lugar, Zul  Anrete Adiv Anrete Enroter arap asac !

Fortes ondas de energia e Luz começam a serem emitidas com grande velocidade de Aron, que aperta a mão de Alim. A noite e sua escuridão começam a ceder, raios de sol já podem ser vistos. No palácio todos comemoram ao verem o sol reaparecer. Uma última onda de luz e  energia saem das mãos dos dois, que caem um ao lado do outro, Aron e Alim fecham os olhos.


Alim abre os olhos, ele olha para o lado,  percebe está deitado em uma cama, a cama dele.

– GUARDAS!!! -Grita Alim-.

Dois guardam abrem a porta do quarto e entram.

– O que o rei deseja?  – questiona um guarda-.

– Cadê ele?

Os dois guardas ficam em silêncio. Alim dá um pulo da cama e avança contra os guardas.

– Eu fiz uma pergunta! Onde está o Aron? Eu quero uma resposta.

Um guarda abaixa a cabeça e chora.

– Ele será queimado na fogueira, meu Rei!

Alim arregala os olhos.

– NÃO, NÃO! -grita Alim- quem ordenou isso?

– O Conselheiro Real, Meu Rei.

– Aquele verme era conselheiro do meu pai, droga! Eu esqueci que a magia não tinha sido aceita em documento real, droga! -Alim olha para um dos guardas- me levem até ele, agora, não posso perdê-lo.

Alim segue os guardas pelas escadarias até chegarem a entrada para a masmorra.

– Por favor, deem um jeito naquele conselheiro,  pois agora mais do que nunca tenho certeza que foi ele quem facilitou as coisas pro Ribarius aqui no Castelo. 

– Sim, meu Rei! 

Um dos guardas retorna e outro segue com Alim, que toca uma tocha apagada pendurada na parede, e essa se acende rapidamente.

– Como você fez isso, Rei Alim?

– Longa história que eu prometo contar à todos depois que tirar o Aron desse lugar.

Algumas tochas estão acesas próximo a entrada das celas, Alim avista Aron, que está caído no chão dentro de uma das celas. Alim corre em direção a Aron. O guarda abre a cela mais rápido que pode, Alim entra e fica de joelhos próximo a Aron. Alim toca  a face de Aron, que desperta.

– Alim -Aron tenta sorrir-.

– Ei, Pequeno! Nada irá te acontecer. Vou te tirar daqui.

Alim se assusta ao ver o corpo do guarda cair no chão, ele olha pra cima e vê Luniadi do outro lado da cela.

– Só vai tirar se eu deixar, agora Rei Alim.

– Como você veio parar aqui?

– Simples! Meu pupilo traidor, Ribarius se juntou a mim, a rainha de toda a magia negra -Luniadi olha para Alim e sorri- mas preciso de algo que só vocês dois possuem, preciso do amor de vocês, dessa força poderosa que me manterá viva para sempre.

– Você nunca terá isso!

Alim olha com extrema raiva para Luniadi.

CONTINUA…

Anúncios

31 comentários sobre “O Mago: Capítulo 10

  1. 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏 Duas salvas de palmas 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏 PQP! Que capítulo Jair! Ficou demais esse capítulo…teve tensão, teve ação, teve batalha, teve momentos “o que tá acontecendo?”, teve momento OMG da mulher na cela lá, teve romance…a quimica mais a flor da pele do que nunca…foi muito legal ver o flerte dos dois durante a batalha, ficou interessante…hahahahaha depois de todo o flerte e tensão entre os dois vem a frase “Alim e Aron seguram a espada” eu ri…porque nesse ponto já estava desvirtuando a história kkkkkk…. agora Arim é real depois da frase “– Você é parte de mim!” 🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌 E aquela revelação de que amor deles é poderoso ficou bom! Ficou muito bom meu amigo! Valeu Jair por esse capítulo! MELHOR CAPÍTULO DE O MAGO ATÉ AQUI! Que o próximo supere esse! :):):):D:D:):D foi uma boa história para se ler, me fez esquecer por um momento o final de HTGAWM kkkkkkkkkkkkk 😛

    1. Também me esqueci um pouquinho de HTGAWM 😆 fica desvirtuando minha história menino 😂😂😂 confesso que nessa parte da espada pensei que iam pensar malícia 😂 muuuuuuuito obrigado Phelipe ☺😄 confesso que quando escrevia, ficava entre o uhhhhh, ownt 😍, affff, q fofo, Meu Deus hahahaha

      1. Nossa que demais!!!!!!!!!!!!! Isso mesmo Jair!!!!! Fiquei feliz agora….. por isso que é legal acompanhar uma história em construção pelo blog, porque você já tem noticias direto do autor é muito bom….. é legal essa interação….se desse pra fazer essa interação com a Shonda, eu já ia falar: minha senhora, que tiro foi esse hein? quer matar a gente do coração? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk pode desfazer, traz ele já foi amigo do harry potter, volta e revive ele kkkkk Mas voltando a história é legal conhecer esse mundo que você tá criando….e se você tá planejando temporadas, dá pra mergulhar nesse mundo

      2. Confesso que a ideia Inicial era colocá-Los como casal mesmo haha, desisti no meio, mas voltei, tudo isso se originou de uma série muito fofa haha, não gostei do fim brusco, e por isso estou eu aqui escrevendo ‘a continuação’

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s