Desejo de Viver: Capítulo 21




Cidade de Vale das Pedras, Hospital 

Gustavo suspira, parece que se concentra para dar a tal notícia. Amanda, Catarina e Berenice esperam já aflitas.

BERENICE: Então Doutor, está tudo bem com o meu neto?

GUSTAVO: Está tudo bem, sim, dona Berenice, mas tem um porém.

Catarina arregala os olhos, está apreensiva. Gustavo olha diretamente para Catarina.

CATARINA (apreensiva): E qual é esse porém, doutor?

GUSTAVO: Tudo a partir de agora tem que ser feito com muito cuidado, Catarina. É uma gravidez de risco.

Berenice abaixa a cabeça.

BERENICE: Comigo também foi assim, filha.

GUSTAVO: Mas quando chegar o momento, vamos trabalhar com muita cautela pra que tudo saia bem.

CATARINA: Obrigado,  doutor!

As três se levantam, e saem da sala de espera. Gustavo observa elas se afastarem.


Agência Top Mais, Centro

Rafaela e  a mãe estão na sala. Sônia revisa alguns documentos enquanto Rafaela organiza a mesa. Rafaela olha para a mãe.

RAFAELA: Já pensou na minha proposta, mãe?

Sônia retira o óculos que usa e encara a filha.

SÔNIA: Você quer isso mesmo?

RAFAELA: É uma forma de eu me desculpar com a Catarina e com o Pedro, mãe. É ou não é uma boa ideia?

SÔNIA: É uma excelente ideia filha. Acho que daria um Up na agência.

RAFAELA: Então me ajuda a tirar esse ensaio do papel, mãe.

Sônia sorri.

SÔNIA: Está bem, eu vou te ajudar, mas saiba que isso demanda um tempo gigantesco, filha.

RAFAELA: Eu saberei esperar, mãe.

SÔNIA: Espero que seja somente um ensaio para grávidas, mesmo hein.

RAFAELA: Pode confiar, mãe. A senhora não se arrependerá!

SÔNIA: Conto com isso. Agora vou levar esses documentos para o Rodolfo e depois começo a preparar tudo.

Sônia sai sorrindo da sala. Rafaela começa a sorrir sem parar.

RAFAELA (Pensando): Será um ensaio inesquecível.


Bairro do Rosário, Casa de José 

Amanda deixa Berenice na porta de casa e segue. Berenice entra na casa meio cabisbaixa. José que está sentado no sofá conferindo documentos, repara no semblante da mãe.

JOSÉ: O que houve no hospital, mãe?

Berenice se senta ao lado do filho.

BERENICE: O que eu temia, aconteceu!

JOSÉ: A gravidez da minha irmã também é de risco?

BERENICE: Sim, filho. Eu estou com medo por ela.

JOSÉ: Vamos  pensar positivo que nada de ruim há de acontecer. A Catarina vai contar ao Pedro?

BERENICE: Ela não quer contar, filho e nos fez prometer que não  iríamos contar também.

JOSÉ: É uma decisão dela, temos que respeitar.  -segura as mãos da mãe- vai dar tudo  certo, minha mãe.


Bairro do Arraial, Casa de Pedro

Catarina entra na casa, fecha a porta e segue direto para cozinha. Pedro desce pela escada ao ver Catarina e vai até onde ela está, ele se aproxima.

PEDRO: Como foi lá, Catarina?

Catarina respira profundamente, e disfarça o nervosismo.

CATARINA: Foi bem. Está tudo bem com nosso filho.

PEDRO (Sorrindo): É um menino?

Catarina sorri.

CATARINA: Sim, é um meninão.

PEDRO: Eu te amo tanto, meu amor. Você e o nosso filho é o que mais importa na minha vida.

CATARINA: Eu também te amo muito. Quero estar em seus braços, sempre.

Catarina e Pedro se beijam. Pedro sorri depois do beijo, ele olha nos olhos de Catarina.

PEDRO: Você está bem mesmo, meu amor?

CATARINA: Sim, só estou um pouco emocionada.

Pedro segura com carinho o queixo de Catarina e começa a dar selinhos na boca dela.

PEDRO: Eu vou sempre cuidar de você,  Catarina!

Pedro abraça Catarina, que deixa lágrimas caírem, demonstra o medo por ter uma gravidez de risco.


Bairro do Navegante, Casa dos Lemos 

Noite

O celular de Amélia toca, ela pega o aparelho, confere o número depois atende com um sorriso.

AMÉLIA (ao celular): O que sua mãe disse, Rafaela?

RAFAELA  (do outro lado da linha): Ela aceitou e amanhã mesmo conversará com o pessoal para que organizem o ensaio, mas pode levar alguns meses.

AMÉLIA (ao celular): Não tem problema. O que importa é que tudo está saindo perfeitamente bem.

RAFAELA (do outro lado da linha): Com certeza, não poderia ser melhor. Logo terei o Pedro só pra mim.

AMÉLIA: Vamos continuar esperando até o momento certo.

Amélia encerra a lição.

AMÉLIA: Essa Rafaela é burra que nem a Sônia, vou usar do desequilíbrio dela para o meu bem próprio.


Flashback

Amélia entra na casa de Rodolfo. Ela vai direto ao quarto de Rodolfo que dorme profundamente, Amélia começa a se despir aos poucos, tem um sorriso malicioso.

AMÉLIA: Você ama a mim, e não aquela ordinária da Sônia, e hoje vou te provar isso.

Amélia fica somente de lingerie, ela se deita ao lado de Rodolfo, coloca o braço dele em volta de seu corpo. Rodolfo se aconchega mais achando que é Sônia quem está ali.

Sônia entra na casa de Rodolfo, recebera uma carta dele na qual o assunto era urgente, ela preocupada seguiu até a casa do noivo. Sônia segue direto para o quarto de  Rodolfo, ela acende a lâmpada e fica abismada com o que vê.

Fim do Flashback 

 AMÉLIA: Foi tão fácil.


Bairro Morro Alto, Casa de Sônia 

Sônia está sentada na cama de seu quarto, ela pensa em Rodolfo, no passado doloroso que viveu. Sônia vai até o gigantesco armário e retira uma caixa preta de dentro dele, ela abre a caixa. Sônia fica emocionada ao retirar de dentro dessa caixa, um par de sapatinho de bebê.

SÔNIA: Meu filho era para ser um homem hoje. -chora- Ele não morreu dentro de mim, ele não está morto.

Sônia retira do fundo da caixa, uma foto de Rodolfo.

SÔNIA: Sempre irei te amar. -beija a foto-.

Sônia se deita na cama, fica olhando para o sapatinho minúsculo e para foto de Rodolfo, ela fecha os olhos e adormece.



TRÊS MESES DEPOIS 

Bairro do Rosário, Casa de José 

Pedro entra pela porta, Catarina está sentada no sofá conversando com a mãe. Ela se levanta ao ver Pedro, que se aproxima e pega em suas mãos.

PEDRO: Logo nosso filho nasce.

CATARINA (Sorrindo): Apressado. Ainda falta um mês e meio mais ou menos.

BERENICE: Tem certeza de que quer realmente ir nesse ensaio, filha?

Catarina olha para a mãe.

CATARINA: Sim, mãe. Vai ficar tudo bem!

PEDRO: Eu estarei ao lado dela, sempre vigiando, dona Berenice.

BERENICE: Eu iria com vocês, mas o Vítor me convidou para sair.

Catarina sorri.

CATARINA: Não precisa se preocupar, mãe. Vá se divertir! O Pedro está ao meu lado.

Berenice se levanta do sofá e abraça a filha.

BERENICE: Eu te amo, filha -olha para Pedro- cuida bem dela.

Pedro balança a cabeça afirmativamente. Pedro e Catarina saem da casa sob o olhar de Berenice. Os dois entram no carro e partem para a agência.

CONTINUA…

Anúncios

4 comentários sobre “Desejo de Viver: Capítulo 21

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s