O Mago: Capítulo 5




Reino de Viturius 


Aron se ajeita perto de Alim, que espera por algo.

– A batalha acabou no ano que passou, Alim. Nós achamos que tínhamos vencidos, mas a Luniadi usou meu irmão para -Aron chora- te atingir.

– Como foi isso, Aron?

– Ela usou a espada encantada de Madreb,  aquela que é banhada no fogo do dragão.

Alim olha assustado para Aron.

– Eu morri?

– De certa forma, sim, Alim. Eu com a ajuda do Gorel conseguimos deixá-lo bem, mas devido a forte magia contida na espada, nós não pudemos trazê-lo a vida.

Gorel se aproxima.

– Mas como é que eu estou aqui com vocês?

– Eu e o Aron faríamos o feitiço de Adiv, mas o Ribarius, aprendiz da Luniadi roubou seu corpo, tudo o que você tinha e te mandou para o futuro -Gorel suspira- bem, para um de nosso mundo  paralelo.

Alim se levanta com o olhar fixo no horizonte que se faz escuro.

– Eu me lembro, eu estava em batalha quando senti minha carne ser perfurada.

– Foi meu irmão! -Aron abaixa a cabeça-.

Alim olha para Aron.

– Acho que já passou da hora de nós acabarmos com a magia negra desse Reino.

– NÃO!!!

Um grito pode ser ouvido pelos três.

– O que foi isso?

Alim está assustado.

– Vocês estão com medo? Então será o último de vocês,  pois cansei de brincar de gato e rato, de ir a uma dimensão a outra, de um mundo paralelo a outro, CHEGA!!!

Todos reconhecem a voz de Ribarius, que aparece bem a frente de Alim.

– Vocês não vão escapar dessa vez! Não terei misericórdia – Ribarius segura o queixo de Alim- vou acabar com você que nem fiz com seu pai e com sua mãe! Coitadinhos.

Aron vê o que está pprestes a acontecer, ele pega a adaga de Samir, empunha e corre até o Irmão, Ribarius, que sente o instrumento atravessar seu coração. Ribarius cai de joelhos no chão e estranhamente começa a rir.

– Você! Você, irmãozinho, não sabe o bem que me fez com isso tudo.

A voz de Ribarius começa a tomar um tom mais grave. Aron arregala os olhos.

– Você libertou o que existia de bom em mim, tirou esse meu coração inútil, agora será somente o meu lado mais negro.

O corpo de Ribarius deita, e dele sai uma sombra negra, mas que toma forma humana rapidamente, porém o rosto é desenhado por cicatrizes profundas.

– Você entregou sua alma, Ribarius!!!

Aron olha perplexo.

– Ele não é seu irmão mais, Aron!

Gorel alerta. Alim tenta ajudar Aron, mas Ribarius o paralisa com um único olhar.

– Você não sabe o que é magia,  Aron! Seu Mestre nunca te ensinou a verdadeira magia, nem um Etrom você consegue executar.

Debocha Ribarius enquanto circula em volta de Aron.

– Eu vou acabar com tudo isso, Aron! Você virá para o meu lado, para o lado vencedor. Só um feitiço e sua alma será minha.

Ribarius toca o rosto de Aron, que sente um arrepio.

Pertença a mim, sua vida, sua alma, coração despedaçado, ser inacabado, Amla, Amla arucse, Animod! 

Tudo é muito rápido, Gorel joga algo nos pés de Alim, e se joga a frente de Aron. Ribarius suga a alma de Gorel tão rápido como um raio. Alim consegue se mexer e pega o objeto que Gorel jogou, assim que ele toca, o objeto cresce se revelando uma espada.

Ribarius sorri para Aron, que se concentra de uma forma como nunca havia feito antes.

De magia a magia, a luz que sempre me guia, Etrom, Etrom Arap Onrete.

Aron pronuncia o feitiço que nunca soube pronunciar corretamente, seu dedo indicador se movimenta com leveza e aponta para Ribarius, que tem os olhos vermelhos. Aron é abraçado e uma luz muito forte aparece em sua volta.

CONTINUA…

Anúncios

7 comentários sobre “O Mago: Capítulo 5

  1. Ai sim, amei…. a batalha começou!!! Valeu Jair, por essa viagem mágica, gosto muito ler histórias mágicas, gosto muito de tudo, mas amo histórias assim…. e com mundo paralelos no meio, amo mais ainda…. universo paralelo é minha praia…. kkkkkkkk…. eu era viciado em Fringe e amava as histórias envolvendo o “Otherside/outro lado”, então curti essa ideia do Alim alternativo, tá ficando muito da hora a história!

  2. Acabei me empolgando e lendo mais do que eu devia ter lido hoje. Será que ele vai acertar o Etrom? Como eles vão salvar o Gorel? Por que não é recomendado para menores de 14 anos? Veremos no próximo capítulo.
    Tô gostando muito mesmo, está sendo para mim um descanso merecido ao final de cada dia. Ótimo trabalho!

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s