Desejo de Viver: Capítulo 13




Dias Depois 

Manhã

Cidade de Vale das Pedras, Centro, Agência Top Mais 

Sônia está em sua sala, conversa com Rafaela, que está na cadeira de rodas.

SÔNIA: Espero que você seja uma pessoa melhor.

RAFAELA: Não prometo nada, mãe.

SÔNIA: Você não tem noção mesmo do que você fez. Você matou uma pessoa, filha e seu pai se mudou de vez para o Canadá.

RAFAELA: Ele não é meu pai. Aquele homem não é meu pai!

SÔNIA: Cala a boca que ele é seu pai, sim. Ele não teve culpa nessa história toda, mas você teve.

RAFAELA: Até quando a senhora vai jogar na minha cara isso?

SÔNIA: Até você se tornar gente de verdade com um coração!

Sônia sai da sala, deixando Rafaela sozinha.



Cidade de Vale das Pedras, Edifício Castro, Apartamento de Rodolfo 

Nestor está sentado no sofá, olha fixamente para sua câmera, Rodolfo vem da cozinha e repara no jeito triste do filho, ele se senta ao lado de Nestor.

RODOLFO: O que está acontecendo, filho? Não está gostando do trabalho?

NESTOR: Não é isso, pai! O trabalho é maravilhoso, mas é que estou sentindo algo muito diferente em mim, não sei explicar o que é.

RODOLFO: Logo você ficará sabendo o que é, e quando esse dia chegar, não se desespere.

Nestor encara o pai co desconfiança. Rodolfo se levanta.

NESTOR: Pai, você acha que algum dia, eu irei encontrar uma pessoa bacana para estar  comigo?

RODOLFO: Se você continuar nesse caminho que está seguindo,  com certeza, filho.

NESTOR: Obrigado, pai!

Rodolfo retorna para perto do filho e o abraça.



Cidade de Vale das Pedras, Bairro do Arraial, Casa de Pedro

Catarina sai do banho enrolada em uma toalha, percebe Pedro sentado na cama olhando o celular, ela se aproxima.

CATARINA: Tudo bem, Pedro?

Pedro olha para Catarina.

PEDRO: Sim, meu amor. Eu só quero falar uma coisa com você.

Catarina se senta ao lado de Pedro.

CATARINA: Qual coisa?

Pedro a olha com preocupação, mas abre um sorriso enorme em seguida.

PEDRO: Quer vir morar comigo?

Catarina sorri.

CATARINA: A gente já não mora juntos?

PEDRO: Sim, mas é que eu pensei que você iria querer morar com seu irmão.

CATARINA: Eu quero morar com você.

PEDRO: Vou te fazer cada dia mais feliz.

Pedro pega Catarina nos braços e a beija de forma intensa.



Cidade de Vale das Pedras, Bairro do Rosário, Casa de José 

Noite

José, Amanda e Berenice estão na sala.

JOSÉ: Você tem visitado sua mãe, Amanda?

AMANDA: Não muito, tio. Não tenho vontade de ficar ouvindo ela falando mal do mundo.

BERENICE: Ela não me pareceu uma mulher muito equilibrada, com todo respeito.

AMANDA: Ela não é equilibrada mesmo, Dona Berenice. Eu e meu pai já fizemos de tudo pra que ela pare com essa fixação pela herança do tio Valentim, mas não conseguimos.

JOSÉ: Às vezes eu penso em passar 50 % de tudo o que o Valentim deixou em meu nome para ela.

AMANDA: Não faça isso, tio. Minha mãe ama o dinheiro e com certeza ela não quer só metade, ela quer tudo.

BERENICE: Será que ela sabe que dinheiro não é tudo nessa vida?

AMANDA: Se sabe, ela finge não saber muito bem!

JOSÉ: Mas e seu irmão e seu pai, como estão?

AMANDA: Meu pai está na mesma, tio. O Nestor acho que está no caminho certo.

JOSÉ:  Diga ao seu pai para vir falar comigo. Tenho algo pra ele na Agência.

AMANDA: Ele ficará muito feliz em saber disso, José, direi sim!



Cidade de Vale das Pedras, Bairro Navegante, Casa dos Lemos 

Amélia está sentada a mesa, janta sozinha, ela olha constantemente para o celular,  até que ele toca. Amélia atende a ligação com um sorriso.

AMÉLIA (ao celular): Tudo está certo?

HOMEM (do outro lado da linha): Como combinamos, mas já vou avisando que quero o dinheiro adiantado.

AMÉLIA (ao celular): Sim! Eu já estou com o dinheiro em mãos,  mas quero o serviço bem feito. Vocês precisam pegar a mãe do José, só ela me interessa.

HOMEM (do outro lado da linha): Sairá tudo direitinho!

AMÉLIA: Bom saber que eu posso contar com você!

HOMEM (do outro lado da linha): Eu sabia que aquele não seria o último serviço.

Amélia sorri e encerra a ligação.


Cidade de Vale das Pedras, Bairro do Arraial, Casa de Pedro

Manhã 

Pedro acorda Catarina, que sorri ao ver seu amado.

CATARINA: Já está na hora?

PEDRO: A Sônia me ligou e você foi aceita, meu amor.

Catarina se levanta.

CATARINA: Eu não sei o que dizer!

PEDRO: Vamos comemorar com toda a equipe da Top Mais.

CATARINA: Ainda sinto muita vergonha de estar no meio de tanta gente elegante.

PEDRO: Não precisa ter vergonha. Vou estar ao seu lado!

Pedro segura as mãos de Catarina, que o beija.

CATARINA: Vou me sentir mais segura caso você esteja em todos os ensaios, Pedro.

Pedro abraça Catarina.

PEDRO: Eu estarei.

CATARINA: Vou me arrumar pra gente ir!

Pedro dá um selinho em Catarina,  que segue para o banheiro.




Cidade de Vale das Pedras, Agência Top Mais 

Rafaela ajeita as fotos das novas modelos aprovadas, ela pega a foto de Catarina nas mãos e olha atentamente.

RAFAELA: Só foi aprovada pelo fato de ser irmã do dono, desgraçada, já não fui com sua cara.

Nestor entra na sala e vê Rafaela rasgando as fotos, ele corre.

NESTOR: Ficou louca, garota? Olha o que você fez!

Nestor olha com raiva para Rafaela.

CONTINUA…

Anúncios

2 comentários sobre “Desejo de Viver: Capítulo 13

  1. Certo. O que significa somente isto: certo. Sabe o que eu senti? (lembrando sempre que o que o leitor sente não é sempre o autor quis…dizer…demonstrar)…mas, falava eu?, ah sim, o que eu senti. Bem, caro amigo, acho que vi o roteiro de uma telenovela cósmica e circular. Abraços e abraços.

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s