O Mago: Capítulo 2



Nova Metrópole, Bairro industrial (Antigo Condado de Nuvilus)

Manhã 

Aron e Gorel em forma de cachorro são praticamente cuspidos para fora do portal, caem no chão, o portal se fecha.

– Você poderia ter encontrado uma forma mais tranquila pra gente viajar, Gorel!

Gorel se ajeita e se coloca em quatro patas.

– Dá próxima vez então vamos viajar pela espada do Alim, e quem sabe chegamos inteiro. A pedra viajante é a mais segura, Aron.

– Se eu tivesse meu anel ainda, tudo isso seria diferente.

Aron se levanta, abana a roupa que usa, uma camisa cinza da melhor marca existente e uma calça de uma cor azul bem forte.

– Como dizem por aqui, você está na moda, Aron!

– Você deveria ter escolhido uma forma humana, Gorel.

Os dois olham em volta e veem que estão dentro do pátio de um prédio.

– Tem certeza que aqui é o Condado de Luvinus, Gorel?

Gorel encara Aron.

– Absoluta! Mas o fato é que os tempos mudaram. Ninguém mais anda para lá e para cá a cavalo como fazíamos em nosso tempo.

Os dois saem de dentro do pátio do prédio abandonado.

– Do que eles andam atualmente, Gorel?

– Daquilo! -Gorel aponta para um carro preto-.

O carro passa por eles. Aron arregala os olhos, está verdadeiramente impressionado.

– E alguns substimaram a humanidade sem magia, não  é mesmo Gorel.

– Eu realmente duvidava!

Aron começa a sentir uma tontura repentina, ele coloca as mãos na cabeça, sai descontrolado no meio da rua.

– Aron! Volte aqui. Aron!

Gorel chama por Aron, mas não obtém resposta.

– Só pode ser o Ribarius.

Gorel fecha os olhos e se deixa invadir a mente de Aron, que desmaia em meio a rua e quase é atropelado por uma moto. Gorel abre os olhos e vai até Aron, que está desacordado. A pessoa da moto retira o capacete e sai de cima dela. Gorel começa a falar.

– Alim! Alim, Nós te encontramos.

Alim, o rapaz da moto, só ouve latidos.

– Calma cachorrinho, calma! Eu só quero ver se seu amigo está bem.

– Ele perdeu a magia!         Gorel se afasta.

Alim encosta a mão no rosto do rapaz caído.

– Ei, acorda!

Aron começa a abrir os olhos devagar até se deparar com Alim olhando pra ele.

– Alim!?

O outro rapaz fica surpreso.

– Como… como você sabe o meu nome?

Aron se senta com cuidado.

– Ai minha cabeça!

Alim dá as mãos para Aron.

– Vem, eu te ajudo a levantar.

– Aron, ele não sabe quem somos nós, vá com calma.

É Gorel, o cachorro  pedindo.

Alim ouve os latidos do cachorro.

– Seu amigo está feliz por te ver bem.

Aron nunca gostou de mentir, não tinha o dom para coisa, por isso não se contém .

– Ele não é um cachorro,  Alim.

– De novo? Como é que você sabe meu nome?

Aron encara Alim.

– Você deveria saber o meu e o dele -Aron aponta para o cachorro-.

– Do que você está falando? Eu só vi vocês agora. Você levou uma pancada muito forte na cabeça.

Aron olha nos olhos de Alim, que se assusta com os olhos do rapaz a sua frente  ficando azul bem claro e forte. Gorel começa a morder a perna de Aron, que de imediato deixa de ficar com os olhos de tal cor. Alim aproveita, sobe na moto e segue em alta velocidade, assustado.

– O que você viu, Aron? Você deve ter visto algo, pois sei que você usou o feitiço da invasão.

– A mente dele foi apagada, Gorel! O Alim não se lembra do Reino de Viturius.

– Nós faremos ele se lembrar, Aron. Você sabe que só um feitiço não tem reversão.

– Sei! O feitiço de Etrom!


Reino de Viturius

Há uma quantidade imensa de pessoas no salão principal do palácio, algumas murmuram, outras choram sem parar e várias gritam sem parar o nome de um único homem.

– Ribarius! Ribarius! Ribarius!

Uma multidão grita.

A porta principal do salão do palácio  se abre,  e um homem vestindo trajes pretos entra, ele tira as pessoas do seu caminho com um único olhar, até chegar no trono, uma cadeira da cor preta envolvida por cobras petrificadas. Ribarius se senta e olha com deboche para todos a sua frente.

– Vocês, tem agora um novo rei! Alim não é e nunca mais voltará a ser o rei desse Reino, e agora comandarei como eu quiser, e quem não estiver a favor -Ribarius levanta o dedo indicador- sofrerá as consequências.

Ribarius olha para um rapaz no meio da multidão.

A você não pertence a sorte, esteja agora próximo da morte! 

O rapaz tenta fugir, mas já é tarde, o feitiço lhe atinge em cheio e todos olham ele se transformar em pedra.

– Odeio a luz do sol!

Ribarius se levanta da cadeira sob o olhar assustado das pessoas, anda até a janela onde vê o sol majestoso, ele tem muito ódio nos olhos. Ribarius une as duas mãos, se concentra por segundos tenebrosos, todos o olham com muito medo, ele separa as mãos e abre os olhos, que estão totalmente escuros.

– Não há luz vencedora nesse Reino! Não há luz vencedora.

Ribarius coloca as duas mãos na direção do sol!

Etrom, Etrom à luz! Não nasça, não sobrebiva, que a luz desse reino seja extinta!

A luz do sol vai se apagando, uma sombra lhe cobre por completo, a escuridão toma conta do Reino de Viturius.

CONTINUA…

|O Mago: Toda Segunda, Quarta, Sexta e Domingo|

Anúncios

8 comentários sobre “O Mago: Capítulo 2

  1. Parabéns, meu amigo! Curti muito o segundo capítulo, valeu a pena a espera, confesso que esse capítulo me deixou mais instigado ainda, um universo de possibilidades surgiu e gostei para onde fui levado, já quero saber como vão ajudar Alim e quero descobrir muito mais ainda sobre o Reino de Viturius! 🙂 🙂 😀

    1. O Reino de Viturius agora está condenado a perecer na escuridão. Alim não se lembra de onde veio, não se lembra dos amigos, mas Aron e Gorel não desistirão facilmente, vão tentar recuperar o amigo e salvar o Reino de Viturius.
      Muito obrigado Phelipe 😊 😄 Domingo tem mais capítulo, e com muita magia 😀😊

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s