Palavras ao Vento 


Sou caçador de mim

A vida inteira foi assim

Não sei se tenho algo a esconder

Não sei de fato me conhecer

Tenho o que parece ser necessário

Não preciso mais de um diário

Se aprofundar em meu eu

Você se aprofundaria no seu?

Tenho receio de ir até o final de mim

E descobrir como será o fim

Prefiro que me surpreenda 

Não fique louco, entenda 

Não me conheço por completo

Assim como você, certo? 

Deixemos acontecer

Deixemos o caçador descansar

Não vamos tentar prever

Vamos sentar e banalidades conversar.

Anúncios

5 comentários sobre “Palavras ao Vento 

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s