Devaneios 


Não há muros, só há pedras

Não vou deixar escuro

Não vou fechar meu mundo.


Vou deixar a luz entrar

Seja o que tiver de ser

Vou deixar a felicidade passar. 


Muros não me servirão 

Muros vão derrubar

A possibilidade do amor entrar.


Pode ser que em outra ocasião 

Eu construa um muro em volta do coração 

Pra me proteger da indiferença, cada dia pior 

Mas por hoje não quero muro ao meu redor.


Quero voar como passarinho

Acomodar em meu pequeno ninho 

Estar em paz de verdade 

Nós braços da felicidade.




#BEDO95


Anúncios

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s