O Próximo Alvo: Capítulo 6



Apartamento dos Terra Magalhães 

Diana está abaixada próxima ao sofá, a luz retorna, ela percebe que Enrico não está próximo dela. Algumas pessoas assustadas vão saindo, Diana procura por Enrico.

DIANA (grita):  O Enrico sumiu!

Sílvia se aproxima de Diana, que está desesperada.

SÍLVIA: Como assim ele sumiu?

DIANA:  Ele estava do meu lado antes da explosão acontecer, e agora não está mais.

SÍLVIA: Se acalme, Diana. Ele deve estar aqui dentro do apartamento.

As duas mulheres começam a procurar por Enrico, Lucas estranha e se aproxima da mãe que está subindo a escada com preocupação.

LUCAS: Mãe, o que houve?

SÍLVIA: Seu tio sumiu, Lucas. Eu e a Diana vamo procurar lá em cima e vê se você o encontra por aqui, filho.

LUCAS: Tudo bem, mãe!

Madonna vê  a filha desmaiada e começa a chorar ajoelhada ao lado de Araban.  Magno fica perto da filha.

MAGNO: Vamos chamar a a ambulância, filha!

MADONNA (chora): Sim, pai!

Madonna pega o celular do bolso  e liga para a ambulância. Magno percebe a aflição de Lucas ao se aproximar deles.

MAGNO (preocupado): O que houve, Lucas? 

LUCAS: O tio Enrico sumiu, vô!

MAGNO: Você só pode estar  brincando, garoto!

LUCAS: Não,  vô. O ti0 sumiu de verdade. A mãe e a Diana já procuraram pelo apartamento todo e não encontraram ele.

Diana se aproxima.

DIANA (chora): É verdade, doutor Magno! O Enrico estava ao meu lado quando as luzes se apagaram, mas depois da explosão, ele desapareceu.

MAGNO (assustado): Meu filho, não! Mais um filho não!  – coloca as mãos na cabeça- eu vou chamar a policia. Eles tem que descobrir onde meu filho está e quem armou esse atentado contra minha família.


Amanhece na cidade de Líbero. Magno observa o escritório e parte da sala destruídos, Madonna aparece com duas malas.

MADONNA: Vamos, pai! Deixa a polícia fazer o trabalh0 dela. A Sílvia e os meus sobrinhos já foram para 0 apartamento deles –se aproxima de Magno –  logo encontraremos 0 Enrico!

MAGNO: Quem poderia ter feito isso, filha? 

Magno olha de forma misteriosa para a filha.

 



Bairro Constantinopla, Casa dos Ramalho 

Túlio está sentado no sofá da sala com o telefone nas mãos, e Morgana tenta digerir o que acabara de ouvir do afilhado. Ana aparece na sala e se senta ao lado de Túlio, ela percebe que algo acontece.

ANA: Que cara são essas? 

Túlio segura as mãos de Ana.

TÚLIO: Ontem houve uma explosão no apartamento do seu vô.

ANA (aflita ): E como estão todos? 

MORGANA: Sua prima Araban está no hospital, inconsciente. Seu tio desapareceu, ninguém sabe explicar como!

TÚLIO: Ninguém sabe dele, Ana. Os investigadores de seu avô já estão tentando resolver isso.

ANA: Eu preciso ver como eles estão.

TÚLIO: Se eu pudesse, eu levaria você,  meu amor, mas a madrinha arrumou um emprego para mim, e tenho que estar lá hoje.

Ana beija Túlio.

ANA (sorri):  Não se preocupe, só irei ver como eles estão e retorno.

Túlio olha para Morgana como se pedisse permissão para o retorno de Ana.

MORGANA (sorri): Se vocês se amam, não serei eu que vou atrapalhar.

Ana se levanta do sofá e faz uma ligação.

Túlio encara a madrinha.

TÚLIO: Por que a senhora mudou de atitude, madrinha?

MORGANA: Eu entendi que não tenho direito de me meter em sua vida, Túlio. Eu só quero sua felicidade! 

O Táxi que Ana pediu, chega. Ana e Túlio se encaminham para porta.

TÚLIO: Eles foram para o edifício Líbero, Ana.

ANA: Eu sei onde fica.

Ana e Túlio se beijam, e sorriem.

ANA: Eu volto! Que dê tudo certo no seu novo emprego.

TÚLIO: Obrigado, meu amor!

Ana entra no táxi, que vai embora. Túlio fecha a porta e se encaminha para o quarto, Morgana o segue.

MORGANA: Você está quase passando do horário.

TÚLIO: Já estou indo, Madrinha!



Apartamento de Thiago, Edifício Líbero 

Thiago está sentado na varanda do apartamento, não está sozinho, tem a companhia de Fernando Ludiato, tomam café enquanto conversam.

THIAGO (sorri): Tudo está saindo perfeitamente bem.

FERNANDO: Logo a gente conseguirá com que o velho Magno pague pelos crimes todos!

THIAGO: Pode ter certeza disso. Agora só faltam as provas que o Salomão carregava no dia em que foi assassinado, e que foram roubadas.

FERNANDO: Eu tenho uma ideia de onde essas provas possam estar.

THIAGO: Faça o que for preciso, mas as tenha em suas mãos, Fernando.

A campainha toca, Thiago se levanta.

FERNANDO: É o seu novo  motorista?

THIAGO: Espero que sim!

Thiago chega até a porta e a abre. Túlio está  parado.

TÚLIO: Senhor, Thiago? 

THIAGO (sorri): Ele mesmo. Você é o filho do Salomão? Afilhado de Morgana? 

TÚLIO: Sim, Túlio Ramalho, a sua disposição -estende a mão-.

Thiago segura a mão de Túlio. Thiago arregala os olhos ao ver a mulher que sai do apartamento da frente. Túlio fica sem entender para onde Thiago olha e acaba se virando também, e a surpresa se faz grande ao ficarem de frente com Ana, que começa a chorar ao lembrar de seu pai, ela caminha devagar até próximo a Thiago, que está com os olhos marejados.

CONTINUA…


Anúncios

11 comentários sobre “O Próximo Alvo: Capítulo 6

  1. Gente… Agora as coisas vão começar a ficar mais tensas do que já estão. Pra onde será que Enrico foi? Nn faço idéia. E esse ganchão, meu Deus? Ana reconheceu seu pai que vai querer afastá-la do amor de sua vida. Nn estou preparado pra isso, sofro. Parabéns, Jair! 😀

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s