Fruto Proibido: Capítulo 11


Ao Extremo


  Marcello está com ódio de seu pai, ele treme ao segurar a arma, treme de raiva, pela falta de amor de seu pai para com ele. Marcello chora.

    – Você não terá coragem!         Guilhermo duvida.

    – Não estou de brincadeira.           Afirma Marcello.

    – O que você pensa que vai fazer com essa arma?        Guilhermo questiona o filho.

    – Fique tranquilo, pois não sou igual ao senhor.       Responde Marcello.          – Vamos andando!

  Marcello faz seu pai de ‘refém’, os dois saem da casa e entram no carro, Guilhermo está sob a mira do revólver.

    – Você está cometendo uma loucura, Marcello!           Diz Guilhermo.

    – Cala a boca, não me importo com sua opinião. E você deveria ser o último a dizer isso, agora vamos logo com isso!      Manda Marcello.

  O carro dá a partida, em alta velocidade, eles seguem para cidade.

 



Fazenda Belo Monte

  Juliana ajuda Giovanna a se recompor. Mário pensa em algo para ajudar o filho. A tristeza se faz presente na sala, a raiva é companhia constante.

    – Tenho medo até de pensar onde o Guilhermo chegaria.     Giovanna admite.          – Eu nunca conheci o Guilhermo de verdade, nunca!

  Giovanna é amparada por Juliana, que olha para Mário.

    – Por mais canalha que o Guilhermo fosse,  eu nunca esperaria isso dele. Armar de novo contra os dois, tudo bem que no passado os dois eram crianças, poderia muito bem passar batido. Sinceramente achei que todo esse rancor sem fundamento tivesse passado.                Diz Mário.    – Se eu encontrar  com ele, não sei do que sou capaz de fazer.

   Giovanna chora baixo.

     – Não vá fazer nenhuma besteira também, Mário, por favor!   Pede Juliana.

     – Acalme-se, mulher! Não vou fazer nada do que você esteja pensando,  apesar dele merecer, não vou fazer. Vou encontrar um jeito de ver meu filho livre outra vez.           Mário afirma enquanto olha pela janela da sala.

  Giovanna levanta o olhar.

     – Não quero que vocês fiquem com raiva do Marcello.     Diz Giovanna.

     – Fique tranquila, Giovanna. Todos aqui sabemos que o Marcello também é  vítima das insanidade do Guilhermo, nunca poderíamos ficar com raiva do Marcello.           Diz Juliana.

   Juliana leva Giovanna  para o quarto, e retorna assim que vê a outra descansando. Ela se espanta ao ver Mário  com uma arma e com o chapéu na cabeça.

    – Você prometeu, Mário.      Diz Juliana ao se aproximar do marido.

    – Ei,  está prometido, não vou ser louco. Só irei até a delegacia, me sinto um inútil aqui sabendo que meu filho está por lá, preso.   Diz Mário.

Juliana fica apreensiva com a saída de Mário.

   


    

Cidade de Serra Nova

   Guilhermo sente que o filho não está mesmo de brincadeira, e que qualquer vacilo pode significar sua morte, então acata todas as ordens de Marcello. O Delegado estranha a quebra do acordo que Guilhermo havia feito, mas resolve não afrontar o Lorenzi, então Víctor é solto.

   Víctor abraça Marcello, que não se esquece de seu pai, os dois saem devagar. Guilhermo olha os dois com raiva, o delegado está ao seu lado, movido pelo ódio, ele pega  a arma da cintura do policial.

       – Não faz isso, senhor Lorenzi!       Pede o delegado.

   Marcello e Victor que estão na porta da delegacia, se viram e ficam de frente para Guilhermo, que aponta a arma na direção dos dois rapazes.

       – Meu sobrenome Lorenzi  não carregará essa sujeirada toda!  Grita Guilhermo visivelmente descontrolado.

       – Larga a arma, Guilhermo!          Grita Mário com a arma em punho.

   Guilhermo engatilha a arma, Mário dispara.

 

Continua…

#BEDS66

Anúncios

3 comentários sobre “Fruto Proibido: Capítulo 11

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s