Fruto Proibido: Capítulo 10


Amor Maior


          

Fazenda Liberdade

  Giovanna olha com raiva para Guilhermo, que se levanta da poltrona, ele fecha as mãos.

    – Você vai tirar nosso filho da cadeia ou não vai?      Giovanna questiona sem medo algum.

 Guilhermo se aproxima de Giovanna.

    – Não vou. Ele e aquele outro merecem todas as desgraças que os forem apresentadas.          Guilhermo afirma enquanto abre um sorriso.

    – Como você mudou, Guilhermo. Será que é difícil você aceitar que seu filho é feliz com o Víctor?           Giovanna questiona.

  Guilhermo cospe no chão.

    – Eu nunca aceitarei essa nojeira!         Guilhermo grita  expondo assim mais uma vez o seu preconceito.

    – Então, não há mais nada pra eu fazer. Que você fique  sozinho com essa sua amargura toda, mas vai fazer isso bem longe dessa casa.            Diz Giovanna.      – Fora!

  Guilhermo fica absolutamente surpreso com a reação da esposa, ele a segura pelos braços.

    – Você não pode fazer isso.         Guilhermo afirma ao encarar Giovanna.

    – Posso, tanto que já fiz. Você não vai fazer mal ao meu filho. Aguentei ele longe por dez anos para fazer os seus caprichos,  mas agora já deu, é o fim, essa armação foi a gota d’água.  Diz Giovanna se soltando de Guilhermo.

  Giovanna limpa as lágrimas, se vira e segue para o quarto, Guilhermo a observa com um turbilhão de sentimentos.


   Víctor sobe em um cavalo e segue para Serra Nova, os pensamentos são muitos, mas a certeza é só uma.

     – Eu vou tirar você desse lugar, Marcello.       Afirma Víctor enquanto o cavalo aumenta o ritmo da cavalgada.

   O pôr-do-sol já se faz visível. Víctor chega na cidade, amarra o cavalo, então segue para a delegacia. Movido pela vontade de ver Marcello livre, ele acaba fazendo o que Guilhermo realmente quer. Víctor se entrega e Marcello é solto.


    Assim que Víctor é preso, o delegado informa Guilhermo, que fica feliz ao saber da notícia.  Marcello não se conforma  de forma alguma, então  depois de ser liberto, segue para  Fazenda Liberdade. A noite já se faz presente, Marcello estranha o silêncio da casa, estranha  também o fato da porta já estar  aberta, ele entra desconfiado e avista seu pai no alto  da escada.

     – Bom te ver livre, meu filho!         Diz Guilhermo sorrindo.

     – Não seja cínico, senhor Guilhermo! E pelo que eu me lembre, deixei de ser seu filho há algum tempo já.       Marcello retruca.

     – Não diga uma coisa dessas!           Diz Guilhermo enquanto desce a escada.

     – Cadê minha mãe?  O que você fez com minha mãe?   Marcello questiona.

     – Ela está bem, não precisa se preocupar, deve estar lá com os Solaris nessa hora.           Afirma Guilhermo se aproximando de Marcello.

     – O senhor é desprezível! Não deixarei que estrague minha vida novamente.             Diz Marcello.

     – Você não tem escolhas. Se você ama aquele outro infeliz, você terá que acatar minhas ordens, mas caso não faça isso, o Víctor morrerá na cadeia, basta um telefonema.     Guilhermo é incisivo.

     – Desgraçado! Nem acredito que tenho seu sangue correndo em minhas veias.        Grita Marcello.

  Guilhermo solta um sorriso sarcástico e encara Marcello.

     – Você se casa com a Catarina e o Víctor sai da cadeia, com a condição de que vocês nunca mais se vejam. É pegar ou largar, e agora que seu ‘melhor amigo’ está em maus lençóis, você não tem alternativa.          Guilhermo é duro.

     – Aí é que o senhor se engana!      Diz Marcello.

   Marcello retira um revólver da cintura e aponta para o rosto de Guilhermo, que fica paralisado.

Continua…

#BEDS63

Anúncios

4 comentários sobre “Fruto Proibido: Capítulo 10

Então, o que você achou? Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s